• Início ♥
  • Sobre ♥
  • Contato ♥
  • Layouts ♥
  • Resenhas ♥
  • Parcerias ♥
  • Rádio ♥
  • 21 julho, 2016

    Resenha Premiada: A Geografia de Nós Dois - Jennifer E. Smith


    A Geografia de Nós Dois foi escrito pela autora Jennifer E. Smith e publicado no Brasil pela Editora Galera Record, que gentilmente nos cedeu esse exemplar para resenha.


    O livro tem um total de 271 páginas e está dividido em 51 capítulos. Os capítulos são bem curtinhos o que faz a leitura avançar rapidamente. A tradução foi feita por Glenda D'Oliveira.


    A diagramação está bem fofinha, com páginas amareladas, um bom tamanho de fonte e também de margens e espaçamentos.


    Sinopse: Lucy mora no vigésimo quarto andar. Owen, no subsolo... E é a meio caminho que ambos se encontram - presos em um elevador, entre dois pisos de um prédio de luxo em Nova York. A cidade está às escuras graças a um blecaute. E entre sorvetes derretidos, caos no trânsito, estrelas e confissões, eles descobrem muitas coisas em comum. Mas logo a geografia os separa. E somos convidados a refletir... Onde mora o amor? E pode esse sentimento resistir à distância? Em A Geografia de Nós Dois, Jennifer E. Smith cria tramas cheias de experiências, filosofia e verdade.


     A Geografia de Nós Dois é um jovem adulto escrito pela autora Jenniffer E. Smith, também autora do livro A Probabilidade Estatística do Amor a Primeira Vista.
    Nessa história nós conhecemos a Lucy e o Owen. Lucy mora no 24° andar de um prédio de luxo, enquanto Owen mora no subsolo com seu pai que foi recentemente contratado para ser administrador do prédio.
    O Caminho dos dois se cruza quando em uma noite ocorre um blecaute que deixa Nova York completamente sem luz, e os dois acabam presos juntos no mesmo elevador.

    Afim de sanar o calor insuportável que faz e de fazer com que o tempo passe mais rápido enquanto enfrentam essa situação, os dois acabam conversando bastante e se conhecendo um pouco.
    Mesmo depois de conseguirem sair do elevador, eles decidem permanecer juntos até que a situação do blecaute se resolva ou pelo menos até o dia amanhecer.
    Nisso eles passam uma noite regada a um transito caótico, sorvete derretido, um calor insuportável e um céu estrelado. 
    Uma noite completamente despretensiosa em que os destinos deles se cruzam e muda tudo para os dois.

    "Owen também sorriu, deixando os olhos se fecharem, mas ainda assim continuava a vê-las, brilhando fortes atrás das pálpebras. E, pela primeira vez em semanas, ele se sentiu aceso por dentro, mesmo na mais escura das noites."

    Mesmo tendo passados poucas horas juntas ambos percebem o quanto o fato de estarem juntos é agradável e o quanto eles combinam.
    Mas por uma infelicidade do destino a geografia acaba separando os dois que tomam caminhos diferentes.
    Será que eles conseguiram ultrapassar as barreiras impostas pela distância mesmo se conhecendo a tão pouco tempo?

     Essa história é toda narrada em 3° pessoa, com o ponto de vista sendo alternado a cada capítulo entre a Lucy e o Owen, o que foi bem bacana porque dá pra conhecer melhor cada personagem assim.
    A narrativa da autora é muito leve e fluida, o que nós faz ter um bom ritmo de leitura e terminar esse livro rapidinho.
    Os personagens são muito carismáticos e eu gostei muito deles. Ambos são adolescentes prestes a terminar o ensino médio e tanto a Lucy quanto o Owen tem seus problemas familiares, que eles tentam acertar ao decorrer da história, o que eu achei bem legal, pelo fato da história não focar apenas no romance em si.

    "Mas não existe começo que seja totalmente novo. Toda novidade chega no encalço de algo velho, e todo início vem a custa de um fim."

    Conforme o caminho dos dois vai se cruzando e se desencontrando nós vamos acompanhado as mudanças na vida de cada um deles, e também acompanhando a comunicação entre eles, que é feita de maneira muito fofa, através de cartões postais.
    De cada cidade ou país em que um deles vai eles mandam um cartão postal um para o outro e a cada mudança na geografia que separa os dois é perceptível para o leitor o quanto os personagens vão amadurecendo e mudando suas perspectivas.
    Outra coisa bacana de acompanhar é o relacionamento deles com os país, principalmente do Owen com seu pai, já que eles acabaram de passar por algo bem difícil e estão tentando trazer a vida de volta aos trilhos.

    A passagem de tempo dessa história é bem rápida, mas não se preocupem pois isso não torna em momento nenhum a leitura confusa.
    O livro tem uma narrativa muito leve e fluida e uma história muito fofa, bem no estilo de a Probabilidade Estatística do Amor a Primeira Vista, então quem gostou desse livro provavelmente também gostará desse novo lançamento da autora.
    A Geografia de nós Dois é uma história leve, e cheia de encontros e desencontros. Um romance despretensioso, e muito gostoso de ler! Perfeito para quem está procurando uma leitura leve e fofa.

    "O mapa era o mesmo que uma porta prestes a se fechar. E a geografia da situação — a geografia dos dois — estava completamente e irremediavelmente errada."

    Classificação:



    Regras:
    • Ter endereço de entrega no Brasil;
    • Cumprir todas as entradas obrigatórias (Curtir a página do blog, comentar a resenha, deixar email para contato);
    • Caso ganhe através de uma das chances extras terá quer ter cumprido;
     Informações Gerais:
    • O período de inscrições vai até o dia 21 de Agosto;
    • Os ganhadores deverão responder o e-mail de contato em até 48 horas, ou o sorteio será refeito;
    • O envio dos prêmios será realizado em até 30 dias úteis;
    • A Editora Galera Record ficará responsável pelo envio do livro;
    • Perfis fakes ou de promoção no twitter serão desclassificados;
    • Perfis do facebook restritos impossibilitam de conferir se o participante curte ou não as páginas, então também serão desclassificados;
    • O resultado do sorteio estará disponível no dia 29/08;
     
    a Rafflecopter giveaway

    11 julho, 2016

    Resenha: Talvez Um Dia (Maybe #01) - Colleen Hoover


    Talvez Um Dia é um New Adult escrito pela autora Colleen Hoover e publicado no Brasil pela Editora Galera Record, que gentilmente nos cedeu esse exemplar em cortesia.


    O livro tem um total de 365 páginas 25 capítulos. Os capítulos são curtinhos, o que deixa a leitura bem fluida. A tradução foi feita por Natalie Gerhardt.


    A diagramação está simples, mas bem agradável. A Arte de capa está linda e combina bem com a história do livro. As páginas são amareladas, a fonte tem um bom tamanho e as margens e espaçamentos proporcionam uma leitura confortável.


    Sinopse: Sydney acabou de completar 22 anos e já fez algo inédito em sua vida: socou a cara da ex- melhor amiga. Até hoje, ela não podia reclamar da vida. Um namorado atencioso, uma melhor amiga com quem dividia o apartamento... Tudo bem, até Sydney descobrir que as duas pessoas em quem mais confiava se pegavam quando ela não estava por perto. Até que foi um soco merecido. Sydney encontra abrigo na casa de Ridge. Um músico cujo talento ela vinha admirando há um tempo. Juntos, os dois descobrem um entrosamento fora do comum para compor e uma atração que só cresce com o tempo. O problema é que Ridge tem uma namorada, e a última coisa que Sydney precisa agora é se transformar numa traidora.


    Talvez Um Dia (Maybe #01), é um New Adult escrito pela autora Collen Hoover e publicado pela Galera Record.
    Nessa livro conhecemos a história da Sidney, uma estudante universitária de música de 21 anos.
    Sidney vê motivos na vida para reclamar! Ela está cursando o curso que tanto queria, divide um apartamento com sua melhor amiga Tori, e ainda namora Hunter, um gato que a trata de maneira atenciosa e que está com ela a 2 anos.

    Tudo ia perfeitamente bem na vida dela até o dia de seu aniversário de 22 anos. Sidney espera receber uma festa surpresa, mas as surpresas que a aguardam nesse dia na realidade são outras.
    Ela acaba descobrindo que seu namorado Hunter tem um caso com sua melhor amiga Tori, e de uma vez só ela perde as duas pessoas em que mais confiava, o emprego e o lugar em que morava, já que ela não pretende continuar dividindo o apartamento com uma traidora.
    Dois socos depois, ela acaba na chuva e sem ter para onde ir, e acaba achando abrigo na casa de Ridge, um músico que ela a um tempinho vinha admirando de sua varanda.

    "Ás vezes as palavras podem causar um efeito muito maior no coração do que um beijo."

    Os dois acabam descobrindo que Sidney tem talento para compor, e logo eles começam a trabalhar juntos nas composições da banda de Ridge a Sonds Of Cedar, e com o tempo eles vão descobrindo uma grande atração um pelo outro e que só aumenta a cada dia.
    Ridge é lindo, encantador e seria perfeito para Sidney se não fosse por um grande detalhe, ele tem namorada!
    Ela não quer ser uma traidora como Tori, pois detesta a ideia de fazer alguém sofrer o que ela mesma acabou de sofrer.
    Então juntos ela e Ridge procuram uma maneira de continuar compondo, mas sem cruzar os limites.

    O livro é todo narrado em 1° pessoa, com uma narrativa dividida entre a Sidney e o Ridge, o que foi muito bom, já que possibilitou conhecer bem ambos os personagens e entender os dilemas que cada um estava vivendo.
    Sidney é uma jovem que busca independência dos pais, e por isso decide cursar música, ao invés de direito, já que esse é o seu sonho. Ela era uma pessoa feliz e bem resolvida até descobrir no dia de seu aniversário que seu namorado está traindo ela e justamente com sua melhor amiga e companheira de apartamento. O mundo desaba para Sidney nesse dia e ela perde qualquer confiança que ela tinha nas pessoas. Sidney está completamente desacreditada da vida, do amor e de tudo e precisa se reerguer.

    A narrativa desse livro, é muito gostosa e tem um ritmo muito bom. Apesar de ter uma carga de drama considerável, ele não deixa de ser uma leitura leve e muito divertida, e que me rendeu muitas risadas ao decorrer da leitura.
    Os personagens são todos muito bem construidos e isso foi o que mais me agradou nessa leitura. Tanto os personagens principais quanto os secundários são muito bem desenvolvidos pela autora e todos tem um papel importante na trama.

    "Como é que duas pessoas ótimas e cheias de boas intenções podem acabar tendo sentimentos despertados por tanta bondade, mas que na verdade são tão ruins?"

    Esse é um livro que com certeza irá dividir muito os leitores quanto ao que acreditam ser certo ou errado, já que cada um vai julgar de uma forma.
    E isso foi justamente o que me fez não apreciar completamente essa leitura, já que eu não consigo achar e  a autora não conseguiu me convencer de que aquilo era certo.
    Não consegui apreciar o rumo que a história tomou, mesmo já esperando que isso acontecesse e também não concordei com algumas coisas que aconteceram, e achei que tudo foi "fácil" demais e que na vida real não é assim que as coisas acontecem.
    Claro que essa é a minha opinião e tenho certeza que cada um irá pensar uma coisa diferente do desenvolvimento da história.

    Mesmo algumas coisas não tendo me agradado, isso ocorreu mais na parte final do livro, e tem a ver com meu conceito do que é moralmente aceitável e não com o fato do livro ser ruim, coisa que eu quero deixar bem claro que não é!
    A história caminha em um ritmo muito agradável, e com uma narrativa muito fluida e muito bonita e mistura muito bem romance, drama, comédia e muita música.
    Recomendo a trama para todo os fãs da Colleen Hoover e também para todos que amam um bom New Adult. Essa é uma leitura leve, fofa, divertida e regada a muita música.

    "No entanto, após Maggie entrar em cena, percebo que não poderá haver um talvez um dia entre nós. Nunca haverá um talvez um dia. Ele a ama, e ela obviamente o ama, e não posso culpá-los, porque seja lá o que eles têm, é lindo."

    Classificação:


    29 junho, 2016

    Resenha: Não Fale Com Estranhos - Harlan Coben


    Não Fale Com Estranhos é um Thriller escrito pelo autor Harlan Coben e lançado recentemente pela Editora Arqueiro, que gentilmente nos cedeu esse exemplar.


    O livro tem um total de 301 páginas divididas em 56 capítulos. Os capítulos são bem curtinhos o que deixou a leitura bem rápida e fluida. A tradução ficou por conta de Marcelo Mendes.


    A diagramação está bem agradável com páginas amareladas e bons tamanhos de fonte, margens e espaçamentos.


    Sinopse: O estranho aparece do nada e, com poucas palavras, destrói o mundo de Adam Price. Sua identidade é desconhecida. Suas motivações são obscuras. Mas suas revelações são dolorosamente incontestáveis.
    Adam levava uma vida dos sonhos ao lado da esposa, Corinne, e dos dois filhos. Quando o estranho o aborda para contar um segredo estarrecedor sobre sua esposa, ele percebe a fragilidade do sonho que construiu: teria sido tudo uma grande mentira?
    Assombrado pela dúvida, Adam decide confrontar Corinne, e a imagem de perfeição que criou em torno dela começa a ruir. Ao investigar a história por conta própria, acaba se envolvendo num universo sombrio repleto de mentiras, chantagens e assassinatos.
    Intrigante e perturbador, Não Fale Com Estranhos é mais que um suspense de tirar o fôlego. É uma reflexão sobre o bem e o mal, o amor e o ódio, o certo e o errado, os segredos, as mentiras e suas consequências devastadoras.



     Não Fale Com Estranhos é o mais novo livro do autor Harlan Coben publicado no Brasil. Nesse livro temos a história de Adam Price.
    Adam Price é um homem que leva uma vida dos sonhos ao lado de sua esposa Corinne e de seus dois filhos Thomas e Ryan, mas tudo vira de cabeça para baixo quando um estranho em um bar conta um estarrecedor segredo sobre a  esposa de Adam.
    O estranho não se apresenta e nem exige nada de Adam, apenas dispara esse segredo da mulher de Adam e vai embora. 
    Adam se vê então assombrado pela dúvida que o estranho plantou em sua cabeça e agora duvida de tudo que viveu com Corinne.

    Adam decide então confrontar Corinne e exigir que ela fale a verdade sobre tudo. Mas ela tenta se esquivar da conversa com ele e pede que ele tenha paciência que ela vai em breve contar tudo para ele.
    No dia seguinte ao ser confrontada Corinne some de casa deixando apenas uma mensagem para Adam onde pede que ele dê alguns dias para ela colocar a cabeça no lugar e que ele cuide das crianças enquanto ela está fora.
    Adam fica revoltado com a atitude da mulher, mas não vê nada que possa fazer a não ser esperar a volta de Corinne.

    Adam manda algumas mensagens para Corinne, mas ela não responde e ao perceber que a mulher também não responde as mensagens dos filhos ele começa a ficar apreensivo e preocupado com o paradeiro da esposa.
    Ele então começa a investigar tudo por conta própria e acaba se deparando com um cenário cheio de mentiras, chantagens e assassinatos.
    Em meio a tudo isso ele ainda tem que cuidar dos dois filhos e tentar descobrir o paradeiro de sua esposa.

    Mais um livro do Harlan Coben que leio e mais uma história incrivelmente bem construida e instigante.
    Nesse livro não temos uma pessoa que foi assassinada e um detetive que irá tentar desvendar o mistério, mas sim um pai de família que tem sua vida de sonhos destruída após um estranho em um bar fazer revelações estarrecedoras sobre sua esposa.
    O livro é um Thriller psicológico que nos deixa instigados a desvendar todas as pontas soltas dessa história.

    A história é toda narrada em 3° pessoa e a narrativa do autor é fluida e e muito envolvente. A história é bem interessante  e nos faz ficar vidrados nessa leitura.
    Acompanhamos nessa história não só o que acontece com o Adam, mas também com outras pessoas que tem seus segredos revelados e aos poucos as histórias vão se fundindo até um desfecho surpreendente.
    O Adam é um ótimo personagem, ele é um cara que vive para a família e para os filhos e que por ser advogado tem alguns contatos que o ajudam na busca pela sua esposa, que não dá noticias nem a ele e nem aos filhos desde que saiu de casa.

    Recomendo bastante essa história para todo mundo que gosta da leitura de um bom thriller, esse não é um dos melhores livros do autor, mas não deixa de ser uma ótima história.
    Harlan nos apresenta uma história diferente, interessante e cheia de segredos, mentiras, chantagens, corrupção e vingança.
    Apesar de ter de alguma forma esperado mais do livro já que o Harlan é um autor que sempre me deixa de queixo caído com suas histórias, o final não deixou de ser surpreendente para mim e o autor não deixou nenhuma ponta solta.

    "O que uma pessoa é capaz de fazer para proteger a própria família?"

    Classificação: