• Início ♥
  • Sobre ♥
  • Contato ♥
  • Layouts ♥
  • Resenhas ♥
  • Parcerias ♥
  • Rádio ♥
  • 21 julho, 2014

    Resenha: Livro Um Pressentimento Funesto


    Um Pressentimento Funesto é um livro escrito pela autora Agatha Christie. Agatha é a autora mais publicada de todos os tempos, perdendo apenas para a Bíblia e para Shakespeare.


    Foi lançado no Brasil pela editora L&PM POCKET. O livro é dividido em 4 partes, tendo ao todo 17 capítulos e 252 páginas. O livro não possui orelhas e tem páginas brancas. A margem, o espaçamento e a fonte são bem agradáveis. Principalmente quando levado em consideração o fato do livro ser uma edição de bolso. A tradução é feita pelo Bruno Alexander.


    Sinopse: Tommy e Tuppence Beresford são um casal de idosos normal, com exceção do fato de terem sido uma dupla de detetives no passado. A história tem início quando Tommy decide ir visitar sua tia Ada, no lar para idosos Sunny Ridge. Enquanto aguarda no saguão, já que foi mal recebida pela tia de seu marido, Tuppence conhece uma velhinha de aparência muito doce e simpática chamada Sra Lancaster, as duas conversam bastante, até que a sra Lancaster faz uma pergunta que deixa Tuppence muito intrigada : "A coitadinha era sua filha?". Pouco tempo depois quando voltam para pegar os pertences da tia de Tommy que acabou falecendo, eles descobrem que a Sra Lancaster foi abruptamente mudada de asilo por um parente, deixando para trás apenas um quadro para a tia Ada. Tuppence fica muito intrigada com a saída repentina da idosa e tem um pressentimento de que a senhora Lancaster pode estar correndo perigo. Então ela decide investigar a fundo o paradeiro da velhinha.


    Esse é o primeiro que leio e um dos poucos livros da Agatha Christie que não tem como protagonistas os seus mais famosos detetives: Hercule Poirot e Miss Marple. Mas mesmo sabendo disso eu comecei minha leitura super empolgada e cheia de expectativas.

    Tuppence conhece a Sra Lancaster no saguão do asilo onde a tia de seu marido mora, as duas conversam bastante até que a sra pergunta a Tuppence se a coitadinha era filha dela, referindo-se a uma menina que segundo ela estava enterrada atrás da lareira. Tuppence fica intriga e também um pouco assustada com o que ela falou, mas acaba achando que a sra Lancaster está apenas delirando. Mas algum tempo depois quando Tuppence volta ao asilo e descobre que a Sra Lancaster foi misteriosamente levada embora por uma suposta parente, ela tem um pressentimento de que algo possa ter acontecido a essa senhora e decide que vai fazer o que for possível para encontra-la.

    Aproveitando que seu marido Tommy viaja para um congresso, Tuppence decide viajar em busca de pistas que levem ao paradeiro da Sra Lancaster. Com o quadro deixado como presente para a tia do seu marido como única pista, ela acaba chegando a pequena cidade de Sutton Chancellor. Nessa cidade ela conhece alguns moradores locais, e acaba descobrindo que a pequena cidade esconde muitos mistérios.  Mistérios que Tuppence e Tommy farão tudo possível para solucionar.

    O livro é narrado em 3° pessoa, e tem uma narrativa maravilhosa como eu já esperava. Eu comecei o livro bem empolgada e me envolvi bastante com a história durante a leitura. Confesso que em algumas partes da investigação feita pelo casal  eu até fiquei com um pouquinho de medo (Acredito que isso se deva ao fato de eu ter lido principalmente a noite, antes de dormir).

    Nos capítulos finais o livro esfriou um pouco. O final apesar de ter sido surpreendente, já que eu não imaginava esse desfecho para a história, me deixou com um sentimento de que faltou alguma coisa. As coisas foram solucionadas de uma maneira um pouco abrupta e sem muito uso de raciocínio por parte do casal protagonista, e isso deixou um pouco a desejar.

    O livro apesar de ser uma versão Pocket, ele é muito bonitinho e de qualidade, eu fiquei apaixonada por essas edições da L&PM.

    No geral, eu gostei do livro e indico para vocês! Recomendo principalmente para quem ama um bom suspense. Obviamente não é um dos melhores livros da Agatha, mas é muito bom como tudo que ela já escreveu.

    Classificação:

    31 comentários:

    1. Gostei da resenha, as fotos estão super bonitas! Parabéns!

      Beijos
      Agenda Fashion

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Que bom que gostou Talita :).
        Beijo.

        Excluir
    2. Olá Maiah!
      Acredita que não li nada da Agatha ainda? Me sinto mal por isso :(
      Mas pretendo começar logo, se tudo der certo, rs.
      Infelizmente, não me interessei muito por esse livro. Principalmente pelo seu comentário de que "faltou algo". Odeio quando tenho essa sensação :/
      Mas adorei a resenha :D
      Beijos,
      Ana M.
      www.vicioemlivros.com

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Ana,
        Acredito que muita gente ainda não leu nada da autora, e que só ouviram falar sobre ela, mas te aconselho a conhecer as obras dela, porque são fantásticas, valem a pena serem lidas!

        Beijão :*

        Excluir
    3. Olá Mai!
      Já li alguns livros da Agatha e confesso que amei. Já li resenhas sobre este livro, além da sua, e todos falam que "realmente faltou algo". Espero lê-lo logo.
      Adorei sua resenha.

      Beijos
      Laís Happel - EDF
      http://www.estantedasfadas.com.br/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Acho que o fato desse livro não ter o detetive Poirot pesa um pouco, já que ele é o principal detetive dos livros dela. E o fato de o livro não ter começado com um assassinato também.

        Beijo.

        Excluir
    4. Oi Maiah *---*
      Olha, eu acho que nunca li um livro da Agatha sem o Poirot. Sério, tudo o que eu li tinha ele como protagonista, acho que vou sentir falta *---* kkk Eu não sou muito fã do gênero, mas como todo bom leitor, sempre que começo um livro da Agatha não consigo largar. Menina, se eu fiquei impressionada com o Natal de Poirot, imagina com esse.. eu sou super medrosa e por isso evito ler antes de dormir, kkk sempre sonho com os livros. Tua resenha tá divina, como sempre. E essa edição da L&PM é uma graça mesmo, tenho algumas coleções deles :DD

      Beijo querida,
      Mari Siqueira
      http://loveloversblog.blogspot.com

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Eu também não tinha lido ainda Mari, e confesso que senti falta da astúcia dele no livro.
        Eu amo o gênero, então devoro os livros dela! O Natal de Poirot é um dos melhores dela que já li, o final desse livro é muito surpreendente.

        Beijo :*

        Excluir
    5. Ainda não li nada dela, mas me interessei por esse mistério srsrsr
      Te espero no blog
      Blog Livros com café
      Um beijo flor

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. que bom linda! Fico feliz por ter se interessado :)

        Beijo :*

        Excluir
    6. Oi Maiah, até hoje só li um livro da Agatah e gostei bastante, pretendo ler outros tb e adorei essa sua resenha, serviu como uma dica do próximo que irei ler!

      Aline Praça
      www.leituravipblog.com

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Leia mesmo Aline! Esse não é um dos melhores como eu já falei, mas é um bom livro.

        Beijo :*

        Excluir
    7. Agatha ainda fica atrás de Shakespeare? (não que ele não seja bom tbm) kkk XD
      Ainda não li esse livro dela, gosto dos livros em que ela muda os personagens principais, apesar de gostar muito do Poirot ;)
      Achei a sinopse divertida, e essa edição de bolso é bonita msm! Talvez eu leia um dia =D
      Bjs
      http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Os do Poirot com certeza são os melhores Carol, esse foi o primeiro que li sem ele.
        Achei a capa bem fofinha também, é uma edição de bolso mas é bem fofinha.

        Beijo.

        Excluir
    8. Gostei da resenha, nunca me animei pra ler Agatha Cristie, quem sabe eu tento.

      http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    9. Oi Maiara,
      Primeiramente, eu gostei muito da sua resenha. Esse parece ser um bom livro, mas confesso que tentei ler um livro da autora uma vez e não consegui chegar nem na metade. Sei que cada livro tem suas características, mas sempre tenho essa sensação estranha, com um pouco de medo, de não gostar novamente da história.
      Enfim, seu blog está maravilhoso!
      Beijos - Tão doce e tão amarga.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Thamiris, até agora todos que li da autora, gostei muito. Mas já ouvi falar que alguns são fraquinhos mesmo, pode ter sido isso, ou vai ver que esse não é seu gênero.

        Beijo

        Excluir
    10. Maiah, acredita que até hoje nunca li nada da Agatha, pois não faz muito o meu gênero? Acho bom eu dar uma chance pra ela! rs

      Beijos,
      Caroline, do criticandoporai.blogspot.com

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Dê uma chance Carol, são ótimos livros! Quem sabe você até se agrada do gênero.

        Beijo :*

        Excluir
    11. Gostei muito da resenha Maiah. Muito legal o livro também.
      Beijos!
      http://bidicas.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Que bom que gostou Bih!
        Sempre muito bom ter você por aqui ;)
        Beijo.

        Excluir
    12. Oi, Maiara! Como vai? ^^
      Eu nunca li um livro da Agatha, infelizmente. Todos dizem que é muito bom. Apesar disso, já pesquisei sobre alguns de seus livros e nunca vi esse. Não sou muito fã de suspenses policiais, mas eu posso tentar variar; vai que eu gosto? Ahhh, vi essas edições na MegaStore Saraiva ♥ Muito bonitas mesmo.
      Talvez não seja o melhor dela, porém pode ser um bom começo, certo? Assim os outros me surpreendem mais. (Oi?)
      Beijinhos,
      Karol.
      http://heykarol.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Karol, vou bem!
        Esse não é lá muito conhecido, mas é um bom livro. Tente não custa nada, e vai ser bem legal se você gostar!
        Talvez seja melhor você começar por um muito bom porque assim você fica animada com o gênero! Te recomendo o Assassinato no Expresso do Oriente, é um dos melhores dela que já li ;)

        Beijo :*

        Excluir
    13. Olá Maiah tudo bem? acredita que não li nada de Agatha ainda? =/ Pois é...preciso quebrar este tabu pessoal o quanto antes, amei sua resenha quem sabe não esta ai minha oportunidade né?!

      Beijos Joi Cardoso
      Estante Diagonal

      ResponderExcluir
    14. Oi Maiah!
      Se você gostou desse, espere até você ler os mais lendários da autora (como "O Caso dos Dez Negrinhos" e "O Assassinato de Roger Ackroyd"). Eu sou super fã da Agatha (foi com ela que me apaixonei pelo gênero policial) e os livros dela não decepcionam nunca. Essa narrativa deliciosa que permite a você se envolver dessa forma com a investigação se repete em todos os livros, independente do protagonista. Já li "Um Pressentimento Funesto", mas faz muito tempo, então não lembro do desfecho. Pena que você achou que tenha esfriado um pouco, mas tomara que você leia outros livros da autora e goste tanto quanto deste em geral :)
      Beijos
      alemdacontracapa.blogspot.com

      ResponderExcluir
    15. Boa resenha, gostei. Agatha Christie é ótima, recomendo Convite para um homicídio e Noite das Bruxas, são muito bons também.
      Fora que ela é sensacional, ne? Parabéns.
      Abraços.
      http://coisasoupalavras.blogspot.com

      ResponderExcluir
    16. Adoro ler Livros da Agatha! <3
      Esse já entrou na minha lista, agora é encontrar ele para ler! rsrs..
      Beijos e até! :)
      Sou do Blog:
      http://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

      ResponderExcluir
    17. Hm, parece um livro bom! Eu ainda não li nada da Agatha Christie, mas estou morrendo de vontade de conhecer, então tenho procurado resenhas de livros dela, para escolher algum. Mesmo você dizendo que não é o melhor, talvez esse seja uma opção, principalmente porque não traz os principais detetives dela, pode ser uma leitura isolada bem legal.
      Gostei do blog! :)
      Bárbara
      www.blogsemserifa.com

      ResponderExcluir
    18. Olá, acabei (literalmente) de ler este livro e tenho que concordar, faltou um "quê". Talvez seja por termos pego uma narrativa onde Tommy e Tuppence já estejam mais velhos. Se tivéssemos acompanhado a trajetória do casal desde o primeiro romance ( ), a leitura teria sido mais prazerosa. Mas, de qualquer forma, o livro é muito bom, e o desfecho, na minha opinião, é eletrizante.
      Bjão do Enri
      http://blogdoenri.wordpress.com
      P.S: Reforçando a dica do Victor da Côrte, "A Noite das Bruxas" é PER-FEI-TO.

      ResponderExcluir
    19. Olá.

      Eu amo Agatha Christie, mas não sou muito fã da Tupence e do Tommy. Nunca li "Um Pressentimento Funesto", mas já li outros dois com o casal, e perto do Poirot e da Miss Marple, eles realmente são meio fraquinhos, ao menos eu acho.

      Leia "O Homem do Terno Marrom", é apaixonante, um dos meus preferidos!

      Beijjos
      Bruna
      http://coolturenews.com.br/

      ResponderExcluir