• Início ♥
  • Sobre ♥
  • Contato ♥
  • Layouts ♥
  • Resenhas ♥
  • Parcerias ♥
  • Rádio ♥
  • 12 janeiro, 2015

    Resenha: Livro A Escolhida


    A Escolhida é o 2° volume da série intitulada O Doador, escrita pela autora Lois Lowry e publicada no Brasil pela Editora Arqueiro. O livro foi gentilmente cedido ao blog em parceria com a Arqueiro.


    O livro tem um total de 192 páginas divididas em 23 capítulos. Esses capítulos são ainda divididos em pequenos subcapítulos. O livro tem a tradução de Fabiano Morais.



    A diagramação do livro está bem simples e segue a mesma linha do 1° volume da série. As páginas são amareladas, a fonte tem um bom tamanho e as margens e espaçamentos são agradáveis a leitura.


    Sinopse: Kira, uma órfã de perna torta, vive em um mundo onde os fracos são deixados de lado. A partir do momento da morte de sua mãe, ela teme por seu futuro até que é perdoada pelo Conselho de Guardiões. A razão é que Kira tem um dom: seus dedos possuem a habilidade de bordar de forma extraordinária.
    Ela supera a habilidade de sua mãe, e lhe cabe a tarefa que nenhum outro membro da comunidade pode fazer. Enquanto seu talento a mantêm viva e traz certos privilégios, ela percebe que está rodeada de mistérios e segredos, mas ninguém deve saber sua intenção de descobrir a verdade sobre o mundo.

    A Escolhida é o 2° volume da série O Doador de Memórias. Caso você não conheça ou não tenha lido ainda, O Doador de Memórias, clique aqui e confira minha resenha.
    Em A Escolhida, Lois Lowry nos apresenta uma sociedade e personagens totalmente distintos da que conhecemos em O Doador de Memórias.

    O livro é todo narrado em 3° pessoa, e nele nos conhecemos Kira, uma jovem que acabou de perder a mãe e ficar completamente órfã. Kira, nasceu com um defeito na perna, sua perna é torta e a faz mancar e precisar de uma bengala para se locomover.  Ela nem chegou a conhecer o pai, que foi levado pelas feras quando saiu para caçar, e nunca mais voltou.

    — Como poderia mudar? É como as coisas são. Os pequenos aprendem desde cedo a agarrar as coisas desde cedo e empurrar os outros. É a única maneira que as pessoas têm de conseguir o que querem. Eu teria aprendido o mesmo, se não fosse pela minha perna.

    Quando era apenas um bebê Kira escapou da morte, graças ao empenho e ao amor de sua mãe Katrina. Na sociedade onde ela vive pessoas fracas e imperfeitas não são aceitáveis.
    Agora que Kira perdeu a mãe para uma doença inesperada, ela precisa lutar para manter sua vida, já que sua vizinhança não a quer mais por perto, todos a consideram uma inútil.
    Ela é então chamada pelo conselho dos guardiões que irá julgar se ela tem alguma utilidade a sociedade.

    Para a surpresa de Kira, o conselho decide que ela continuará no vilarejo e que terá uma nova e honrada atribuição. Kira dará continuidade ao trabalho da mãe, restaurando e bordando a túnica do cantor. 
    O cantor tinha como única função na sociedade realizar uma apresentação anual onde entoava o hino que contava toda a história do mundo. Por ser uma apresentação muito extensa e desgastante o cantor passa boa parte do ano preparando sua voz para o dia da apresentação.

    Então, muito devagar, à medida  que eu sarava, as lembranças começaram a voltar. Pequenos detalhes do passado. A voz de sua mãe. Uma canção que ela entoava: "A noite e as cores vão embora; o céu se apaga, pois o azul não se demora...".

    Kira foi escolhida para honraria de restaurar e bordar a túnica, graças a sua habilidade quase mágica com o bordado. Ela é então instalada em um confortável quarto no edifício do conselho, onde dará início aos seus trabalhos. Ao iniciar seus trabalhos Kira acaba descobrindo coisas muito intrigantes sobre a sociedade onde vive, quanto mais ela procura, mais mistérios e descobertas chocantes ela faz, e chegará o momento em que ela precisará fazer uma grande escolha que pode mudar totalmente seu rumo e de sua comunidade.

    Eu comecei esse livro com boas expectativas, já que eu li e gostei bastante do primeiro volume da série. O livro tem uma boa narrativa, assim como o  primeiro volume, e a cada página ficamos ainda mais instigados a descobrir os mistérios que rondam o vilarejo. A protagonista Kira, é uma personagem que me agradou bastante por sua força e obstinação, apesar de sua deficiência, ela é uma pessoa muito forte, e que se esforça muito para provar a todos que mesmo com sua deficiência ela é capaz de fazer o que quiser. Sua habilidade com o bordado é meio que mágica e nem ela entende bem de onde surgiu isso quando era ainda muito pequena.

    A autora construiu um universo distópico onde só os mais fortes tem vez, um mundo que talvez nem esteja tão distante do que vivemos e que nós faz pensar muito sobre o futuro da nossa sociedade. E eu creio esse é uns dos principais pontos positivos da série da autora, ambos os livros nos fazem levantar questionamentos sobre o rumo para que as coisas estão caminhando na nossa sociedade, que olhando por alguns aspectos não está tão longe assim dos mundos futuristas de O Doador de Memórias ou de A Escolhida. Em ambos os livros da série, nós temos uma sociedade perfeita, mas cheia de mentiras e segredos, onde muitas verdades são omitidas das pessoas, e Kira está cada vez mais perto de descobrir algumas dessas verdades

    O livro aborda o tema preconceito, onde temos uma deficiente que é hostilizada pela sua vizinhança, por ser julgada como alguém fraca e inútil, e se pensarmos bem, não é muito diferente do mundo em que vivemos hoje, onde apesar da "acessibilidade" e de tudo mais, os deficientes ainda são vistos de forma muito preconceituosa por grande parte da nossa sociedade.

    O livro me rendeu uma ótima leitura, mas a autora infelizmente, pecou novamente pela falta. Eu gostaria que a autora tivesse tido mais cuidado e tivesse explicado mais sobre como funciona essa civilização futurista, eu achei o modo como ela nos apresenta tudo, muito superficial e poderia ter sido bem mais explorado. Eu senti falta também de uma ligação com o 1° livro, pois, apesar de fazerem parte de uma série, os cenários e personagens são diferentes e em nenhum ponto do livro as histórias se entrelaçam. O final também deixou a desejar, pois eu queria saber mais sobre a história e sobre o que aconteceu depois da decisão que Kira tomou, e eu imagino que no próximo livro isso não será mais abordado. 

    Bom, depois de ter levantado os prós e contras dessa leitura, eu afirmo a vocês que ambos os livros da série valem muito a pena, e eu leria de novo com certeza! Esses são os primeiros livros que eu leio do gênero distopia e ambos me agradaram muito pelo fato de serem livros que nós fazem pensar e nós questionar mesmo ao fim da leitura. Espero que realizem a leitura e que gostem bastante do livro!

    "Orgulhe-se de sua dor", sua mãe sempre lhe dizia. "Você é mais forte do que aqueles que não sentem dor alguma".
    Classificação:




    42 comentários:

    1. Oi, Maiah, tudo bem??
      Eu ainda não li O Doador de Memórias, mas pretendo lê-lo esse ano. A Escolhida parece ser um livro legal e sua resenha é fascinante!!
      Abraços! ^^
      http://enjoythelittllethingss.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Que bom que gostou da resenha Guilherme! Obrigada pelo elogio...Leia sim O Doador de Memórias é um ótimo livro.
        Abraços.

        Excluir
    2. adorei a resenha mas ainda nao li esse livro <33 que capa linda! Amei as fotos!!

      http://www.jacknuit.com.br/

      ResponderExcluir
    3. Fiquei chocada, não sabia que era uma série HAUAHAUA
      Vejo todo mundo comentando sobre o Doador, mas ainda não li/ nem vi. Provavelmente um dia. Meu único problema é que ando fugindo de séries kkk Acompanho algumas que não lançaram continuação e outras que acabaram ficando muito caras e por causa disso, ando dando um tempo. O que achei interessante nessa história é que a autora foca "nos excluídos" (o que eu adoro). Sou muito fã de distopia, principalmente dos clássicos, não leio muito as atuais, mas esta seria o tipo que daria uma chance.
      Gostei da resenha, você abordou a trama de forma transparente *--*
      Beijos!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Essa é a primeira distopia que leio Juliana e gostei muito! Achei bem bacana o mundo criado pela Lois. A história tem seus furos, mas não deixa de ser um bom livro.

        Excluir
    4. Oii, tudo bom?
      Eu amei o doador de memorias, apesar do final um tanto quanto aberto.
      Eu fiquei muito decepcionado quando descobri que o segundo livro contaria um história totalmente avulsa =( Mas pretendo lê-lo sim, por que adorei o mundo distópico criado pela autora no primeiro, então quero ver como ela se sai nesse segundo.
      Eu tenho esperanças que essas histórias avulsas se conectem em algum ponto =/ se não vai ficar muito sem sentido.
      Um abraço
      Oficina do Leitor / Facebook

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Eu também Daniel! Amei o livro, mas esperava mais do final! Leia sim e eu também espero que as histórias se conectem em algum ponto...

        Abraços.

        Excluir
    5. Oi, Maiah!

      Ainda não assisti nem li O Doador de Memórias, apesar de ter ficado curiosa só por causa da capa. Nem sabia que existia um segundo livro! Acho que posso investir nesse sem medo de ser feliz, já que ele não é uma continuação do primeiro. Nem imaginava que eram distopias, agora que vou investir, porque depois da fantasia épica, distopia tornou-se meu gênero favorito.
      Estou seguindo o blog e já curti a page no Facebook. Tem post novo no Me Livrando, espero vocês lá ♥

      Com carinho,
      Celly.

      http://melivrandoblog.blogspot.com/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Celly! Com certeza você pode ler os livros fora de ordem, já que eles não tem uma ligação. Mas recomendo mesmo assim, que você inicie por O Doador de Memórias...

        Beijos ;).

        Excluir
    6. Olá, gostei da sua resenha. Esse segundo livro me pareceu ter uma história mais interessante que o primeiro; fiquei curiosa para saber até onde vai essa série.
      petalasdeliberdade.blogspot.com

      ResponderExcluir
    7. Oi, Mai! Como vai?
      Nossa, apesar de as histórias serem legais, as partes ruins dos livros da Lois estão me fazendo não querer ler. Tipo, okay, ela criou uma história legal, mas como é que ela não põe um fim direito, gente? E se podia explorar, por que não explorou? Essas coisas me dão muita raiva! Apesar de tudo, ainda acho que a leitura pode ser válida. Amo distopias e as críticas feitas são bem reais. Creio que todos os livros, mesmo os de fantasia, são sobre o mundo real. Fazem críticas ou mostram um pouco dele. Sendo assim, quem sabe um dia eu leia O Doador e A Escolhida?! Quero saber sobre o que fala o terceiro livro e, apesar de A Escolhida parecer se aplicar mais à realidade, creio que O Doador de Memórias mexeria mais comigo.
      Beijinhos,
      Karol.
      http://heykarol.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Pois é Karol, não sei se nos outros livros a história vai fechar essas pontas ou se a autora tinha a intenção de conquistar esse público que gosta de histórias mais curtas e mais diretas...

        Beijo.

        Excluir
    8. Oi Maiah, tudo bem? Distopia é um dos meus livros favoritos e eu ganhei o primeiro volume dessa série de amigo secreto. Adorei sua resenha, e por uma amiga ter me falado muito bem do primeiro livro eu estou um pouco ansiosa pela leitura.

      xoxo
      www.amigadaleitora.com

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Tomara que você goste bastante Thais!
        Tenha uma ótima leitura...
        Bjos.

        Excluir
    9. Oi, tudo bom?
      Adorei sua resenha! Como sempre, está ótima! Eu já tava querendo ler quando você falou da falta de ligação e aí desanimei rsrs mas quem sabe dou uma chance, né?
      Beijos!
      http://resenhandoaarte.blogspot.in/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Dê uma chance sim Aliscia! Pois é um bom livro...
        Bjos.

        Excluir
    10. Oie,
      nossa nem li o primeiro ainda e muito menos sabia que tinha continuação rsrsrs
      Que bom que gostou do livro, estou querendo ler o primeiro da série.

      bjos

      http://blog.vanessasueroz.com.br

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Leia sim Vanessa! É um ótimo livro...
        Bjos.

        Excluir
    11. Olá, Maiah, tudo bem?
      Apesar de não ter lido nenhum livro da série "O Doador" fiquei bastante interessada pelo livro "A Escolhida". A personagem Kira apesar de sofrida parece ser muito forte e determinada.
      Parabéns pela resenha.

      Beijos,
      Nina & Suas Letras

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Ela é muito determinada sim Janaína! Leia o livro, é bem bacana...
        Bjos.

        Excluir
    12. Oi, adorei sua resenha estou terminando de ler o 1° livro e já estou com o 2° livro na mão a história é mt boa

      http://litaralmentelivros.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Que bom que gostou! O 2° também é bom, mas prefiro o 1°!
        Abraços...

        Excluir
    13. To querendo muito ler essa serie, eu assisti ao filme do primeiro no cinema, e sai da sala tipo com mil perguntas do final, e pelo que li na resenha, no livro não traz tantas respostas como o filme.

      http://perdidoemlivros.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Pois é! O livro seria perfeito se não terminasse como terminou, eu também fiquei com várias dúvidas...

        Abraços!

        Excluir
    14. Oi Maiara

      Não cheguei a ler O doador de memórias, mas assisti ao filme. Será que eles são muito parecidos?
      Levando em consideração o que vi no filme esperei que esse livro teria ligação com o primeiro livro já que faz parte de uma série e conta a história da mesma sociedade.
      O doador de memórias tem uma história interessante, mas não me senti atraída a ponto de querer ler o livro depois do filme. A escolhida também ficará para depois, um dia quem sabe.

      Beijos
      mundo-de-papel1.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Eles são bem parecidos sim Caline!
        Se tiver oportunidade leia os dois! São bons livros, que nos fazem refletir...
        Bjos :*

        Excluir
    15. Oiii, tudo bem??? Só p começar , essa capa é linda né? <3 apaixonada
      Bem, eu não li o primeiro, apenas assisti ao filme. Mas interessante isso de trazer outra história e novos personagens. Acho que nunca li uma série assim.
      Uma pena apenas que a autora tenha pecado na falta de informação. Confesso que n curto livros muito explicativos. Mas nessas distopias, acho que elas são essenciais né?
      beijooos
      http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Gih!
        Também acho essa capa lindinha *-*. Acho que tudo tem que ser bem medido sabe, nem se pode explicar demais pra não ficar chato e nem de menos, pra não deixar furos...

        Beijos.

        Excluir
    16. Oii
      Nunca li nenhum dos dois, mas assisti ao filme do primeiro e gostei muito, achei bem emocionante a história. Acho que se esse for igual ao primeiro também vou gostar.

      Beeijos
      O Outro Lado da Raposa

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. A história é linda Raissa! Chorei com o fim do filme ♥
        Bjo.

        Excluir
    17. Não li nenhum ainda, na verdade nem sabia que já tinha o segundo.
      Adorei a resenha.
      Beijos
      www.estilogisele.com.br

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Os dois são ótimos Gisele! Recomendo...
        Beijos :*

        Excluir
    18. Heey! Gostei bastante da sua resenha, mas seu comentário de que a autora deveria ter explorado mais a sociedade futurística me desanimou ._.

      Achei as capas totalmente diferentes dos dois livros :/

      Abs,
      Jhonatan.

      http://leiturasilenciosaoficial.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Pois é Jhonatan! Gosto de ser sincera em minhas resenhas! Apesar de ser um bom livro, eu senti falta de mais detalhes...

        Abraços.

        Excluir
    19. Oi Maiah!
      Não sabia que O Doador de Memória tinha continuação. Não li nenhum dos dois livros, mas assisti ao filme do primeiro e gostei bastante.

      Beijos,
      http://www.epilogosefinais.com/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Não é bem uma continuação Bianca! O livro o Doador de Memórias faz parte de uma série e A Escolhida é o 2° volume dessa série.

        Beijão ;*

        Excluir
    20. Maiah querida, dizem que o filme de Doador ficou bem fraco já o livro é ótimo! Vou ler com certeza para conseguir me dedicar ao segundo volume! ótima resenha, fiquei bem curiosa!

      Beijos Joi Cardoso
      Estante Diagonal

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Eu gostei bastante do filme Joi! Achei até melhor que o livro para ser bem sincera....
        Espero que leia e que goste bastante!
        Bjos.

        Excluir
    21. Li O Doador de Memórias e fiquei bem triste quando vi que o segundo livro não seguia os mesmos personagens. No primeiro livro achei que a explicação do mundo ficou muito vaga mesmo... Agora não sei se continuo a série ou não.
      Beijos, Jú
      docurailusoria.blogspot.com

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Julia!
        Apesar da falta de informações em alguns momentos eu gosto das histórias abordadas no livro e gosto muito da escrita da autora então vou continuar a série com toda certeza!

        Bjo

        Excluir