• Início ♥
  • Sobre ♥
  • Contato ♥
  • Layouts ♥
  • Resenhas ♥
  • Parcerias ♥
  • Rádio ♥
  • 06 abril, 2015

    Resenha: Livro Sem Esperança


    O livro Sem Esperança  é o segundo  livro da série Hopeless da autora Americana Colleen Hoover, Publicado em  2015 pela Editora Galera Record, e gentilmente cedido em parceria pela editora para resenha no blog.


    O livro possui  319 páginas, e é dividido em capítulos, alguns capítulos são inteiros outros são fracionados, no tatal temos 49 capítulos sem contar as frações, mais o capitulo final. A Tradução foi feita pela Priscila Catão.


    As folhas são Amareladas e a diagramação é perfeita, simples e bem caprichada. A fonte tem um tamanho bom e as margens e o espaçamento proporcionam uma leitura bem agradável.


    Sinopse: Assombrado pela culpa e pelo remorso por não conseguir salvar Hope nem Less, Holder desenvolveu uma personalidade agressiva. Mas, quando finalmente se depara com Hope depois de tantos anos, não poderia imaginar que o sofrimento seria ainda maior após o reencontro. Em Sem esperança, Holder revela como os acontecimentos da infância de Hope, que agora se chama Sky, afetaram sua vida e sua família, fazendo-o buscar a própria redenção na possibilidade de salvá-la. Mas é apenas amando Sky que ele finalmente será capaz de começar a se reconciliar com si mesmo.

     

    Sem Esperança é um livro que conta a história de Holder e Sky. É a mesma historia narrada em Um Caso Perdido, com  alguns personagens que não aparecem no primeiro livro, mas a história é a mesma, a diferença é que é narrada por Holder, assim na maioria do livro vemos os mesmos acontecimento por uma perspectiva diferente, então não vou me deter muito em contar sobre a historia e sim o que achei do livro. Ele também traz algumas cartas que Holder escreveu para a sua irmã gêmea Less.

    Confesso que estava muito ansiosa para realizar a leitura, mas tinha visto algumas resenhas em que o pessoal ficou meio que decepcionado por ser a mesma história,  então fiquei com medo de não me envolver tanto na leitura. Para a minha felicidade isso não aconteceu, eu tinha certeza que pra mim era muito importante e interessante reviver os fatos pelos olhos, pelas ações e pelas emoções de Holder.

    Já dava pra notar o temperamento dele no primeiro livro, mas não dava pra saber o quanto ele era afetado pelo sumiço de sua amiga a tanto tempo atrás nem imaginar o quanto se culpava pela morte da irmã. Muito menos enxergar o seu conflito depois que conheceu Sky,  a enorme duvida que assombrava e o  desejo, o sentimento e por que não dizer sua suplica interna de que todos os seus sentidos estivessem errados, de que  Sky fosse somente Sky e não Hope, e depois da certeza o conflito de revelar ou não esse segredo que traria tantas conseqüências para a vida dela.

    Eu costumava achar que a melhor parte de mim morreu junto com Less, mas a melhor parte de mim está bem aqui na minha frente.

    Se no primeiro livro eu achava os personagens reais, vendo por esse lado eu me apaixonei cada vez mais por eles. Eu os vejo muito mais reais, muito mais apaixonantes, mais vivos, mais envolventes. Eu me apaixonei por Holder muito, muito mais e entendo tudo o que ele fez e acredito que se estivesse  em seu lugar eu agiria da mesma maneira, um jovem cheio de culpa, acreditando que não era capaz de ser feliz nunca mais, que não tinha o direito de amar. Não se permitia ser feliz.

    A historia é sim envolvente, a leitura fluiu muito bem, eu realizei a leitura em dois dias por que tinha que trabalhar, mas meu desejo era estar lendo o livro durante o fim de semana pra não ter que parar a leitura. E era esse o meu sentimento, o de não querer largar o livro.

    Estou querendo não ser tão repetitiva, mas entendo a opinião de quem gostaria que sem esperança fosse uma continuação de um caso perdido, mas pra mim a autora foi muito feliz em sua escolha e “recontar”  a historia pelos  olhos e pelas emoções de outra pessoa tão envolvida em toda a situação, me fez compreender melhor algumas ações dos personagens. Eu passei a enxergar um Holder redimido, não com Sky, com Less ou com qualquer outro personagem, mas consigo mesmo e isso foi o que mais me emocionou no livro.    

    Ela olha nos meus e, pela primeira vez na vida, posso afirmar com sinceridade que encontrei a única pessoa no mundo que compreende a minha culpa. A única pessoa que compreende o meu sofrimento. A única pessoa que aceita que eu sou essas duas coisas. 

    Super indico, esse livro pra quem leu um caso perdido,  e pra quem ainda não conhece a historia procure conhecer, vale muito a pena é uma história bela incrível mesmo. O livro não entrou pra lista dos favoritos, mas com certeza é um dos meus queridinhos, um daqueles que pretendo reler.


    Pra sentir  falta de alguém, a pessoa primeiramente precisa ter tido o privilegio de ter esse alguém na sua vida.

     Classificação: 

    18 comentários:

    1. Oi Mari, tudo bem?
      Não conhecia seu blog, é lindo!
      Estou com muita vontade de ler os livros da Colleen, uma amiga me indicou e cada resenha que leio só me faz ter mais vontade.
      Bjs

      A. Libri

      ResponderExcluir
    2. Olaaa, tudo bem?
      Adorei a resenha! Ainda não li Hopeless, mas já li a tua resenha sobre ele. Enfim... a história tem uma premissa que super me agrada, e depois de ter visto tantas resenhas positivas, como não querer conhecer mais sobre esta história? Mas sobre Sem esperança: tenho o mesmo medo que você tinha, de não gostar da história por ser contada do jeito que é. Mas acho que assim como você me surpreenderei e adorarei conhecer mais sobre tudo isso pelo ponto de vista de Holder.
      Beijos,
      http://www.entreleitores.com/

      ResponderExcluir
    3. Oi Mari, tudo bom?
      Eu gostei de ler Sem Esperança, porque eu consegui conhecer mais do Holder no começo, mas a verdade é que eu achei o livro um pouco "desnecessário". Não sei, os diálogos foram quase todos os mesmos, não teve muita coisa fora do que a gente já tinha visto em Um Caso Perdido. Eu senti falta de novidade por parte da autora, entende?!

      http://laoliphant.com.br/

      ResponderExcluir
    4. Oi Mari!
      Pretendo começar a ler Um Caso Perdido em breve, mas confesso que estava com receio de começar a série justamente por causa das resenhas que li de Sem Esperança. A sua foi a única totalmente positiva e foi a que me deu ânimo para começar a ler logo.
      Entendo que muitas vezes pode ser cansativo ler a mesma história novamente, mas eu, acho bem interessante poder ver a história por outros olhos.
      Beijos

      Li
      Literalizando Sonhos

      ResponderExcluir
    5. Oiee.
      Mari sua resenha está ótima e me fez querer ler a obra. Não li nada da autora e por isso minha curiosidade. Já vi algumas resenhas bem negativas e a sua me deu outra visão da obra.
      Deve ser mega interessante ler a mesma história por duas visões

      Beijos Fê
      http://www.amorliterario.com

      ResponderExcluir
    6. Oi, Mari! Tudo bem?

      Adorei a unha combinando com a parede, rsrs. Eu nunca li nada da autora... E eu acho muito chatinho essa história de "mesma história narrada sob outro ponto de vista". Foram poucos os livros que me surpreenderam assim. Porém, fico feliz que tenha dado 5 estrelas ao livro! =) E achei a diagramação da capa tão bonita! Apesar de não gostar muito de capas com pessoas... rsrs

      Beijos,

      Juliana Garcez |Livros e Flores

      ResponderExcluir
    7. Oi Mari, tudo bem? Adorei a sua resenha e tenho muita vontade de ler... várias pessoas acharam o mesmo que você, que esse livro consegue ter ainda sentimentos mais reais do que "Um Caso Perdido". Não costumo gostar muito de livros que recontam a mesma história com um POV diferente, mas parece que a Colleen fez um trabalho excelente nesse.

      Adorei a sua resenha!!

      Beijinhoos,

      Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

      ResponderExcluir
    8. Oi Mari!

      Ainda não li o primeiro, mas todos me indicam ele. Quem leu, amou! Confesso que não gosto muito de livros separados para contar a mesma história com outro ponto de vista, mas vamos ver o que eu acho da primeira história. Gostei muito da resenha. Espero não me decepcionar, rs.

      Beijos
      http://www.estantedarob.com.br/

      ResponderExcluir
    9. Oi, Marília! Mulher, tu tá sumida no grupo do whats! Trate de aparecer que estamos sentindo sua falta!
      Eu estou morrendo de vontade de ler Um Caso Perdido e Sem Esperança, porque todo mundo falou muito bem dessa duologia, é de cair forninhos pelo jeito. Não sei como é a história, mas acho que eu iria preferir uma continuação ao invés de a mesma história contada por outro ponto de vista... não sei, não li os livros, mas geralmente é essa minha opinião rs
      Adorei a resenha.

      Beijos
      Rayssa
      http://diariosdleitura.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    10. Aiiiiii estou me rasgando aqui por dentro (hahaha), como assim não li Um Caso Perdido ainda?
      Acho legal esse lance de ter uma história da qual gostei muito, contada pelo ponto de vista de outro personagem, com certeza eu leria sim! Vou dar um jeito de ler logo o primeiro livro para poder tirar minhas conclusões mais concretas, visto que todo mundo ama 'Um Caso Perdido' <3

      xoxo
      www.amigadaleitora.com

      ResponderExcluir
    11. Oooi!

      Sempre vejo indicação desse livo, smepre, mas não tive a oportunidade de ler o primeiro ainda. Gostei de saber que esse é ainda mais apaixonante que o primeiro livro *-* Gosto de saber que a autora não exagerou e que os personagens continuam apaixonantes e palpaveis!

      Só aumentou minha vontade de ler essa duologia <3
      Parabéns pela resenha!


      Beijinhos,
      www.entrechocolatesemusicas.com

      ResponderExcluir
    12. Olá!
      Já tinha ouvido falar desses livros, mas, nunca tive a vontade de pesquisar e querer saber mais sobre eles. Fiquei bem surpresa com o que li agora, eu tinha pensado que era uma história bem diferente.
      Achei muito incrível isso da história ser recontada por outro ponto de vista. É algo muito legal mas, que poderia não ter dado tão certo. É uma aposta e tanto!

      Fiquei com vontade os dois livros! Espero ter oportunidade! <3

      Beijos e até! :*

      http://dreams-books-love.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    13. É a primeira resenha de Sem esperança que leio a qual a pessoal gostou do livro, pois realmente, muitos acabaram se decepcionando por ser a mesma história, apenas com o ponto de vista de outro personagem. Eu tenho curiosidade ler esse série, mas acho que não teria muita paciencia para Sem esperança, por ser a mesma história.

      www.daimaginacaoaescrita.com

      ResponderExcluir
    14. Oie, tudo bom?
      Tenho muita vontade de ler os dois livros. A Colleen tem uma escrita maravilhosa e sempre consegue emocionar e cativar o leitor. Vi algumas críticas em relação a repetição da história, mas mesmo assim ainda tenho interesse em ler os dois livros.
      Beijos,
      http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    15. Acredita que eu nunca li nada da Colleen Hoover? Talvez eu leia esta série, pois gosto de me apaixonar pelos personagens, rs... Me identifico quando eles são assim mais "reais". Adorei a resenha, beijos!

      ResponderExcluir
    16. Oi, Mar Ilha! Como vai?
      Aiiii, finalmente alguém que gostou do livro <3 Digo isso como se eu já tivesse livro e amado, né? HAHAHAHH Não, não, porém eu li muitas, muitas críticas negativas. Tantas que não dá nem pra contar com os dedos de uma mão só. Tipo, não negativa do tipo "ai, odiei", mas do tipo "desnecessário", e eu pensei que, putz, alguém tinha que gostar desse livro, porque a ideia é, não renovadora, mas ainda assim genial! Fazer com que os leitores entendam melhores as personagens... não tem forma melhor. Não mesmo. Também não tive a oportunidade de ler Um Caso Perdido, mas pretendo, já que todos amam. Quero saber o porquê ^^
      Adorei sua resenha, Mar!
      Beijinhos,
      Karol.
      www.heykarol.com

      ResponderExcluir
    17. oi, tudo bem?
      também fiquei super pé atrás com esse livro por causa das resenhas negativas. Porém, esse é um livro que eu nem posso ler por agora, porque ainda não li Um caso perdido (vou começar amanhã, sério mesmo, kkkk). Fico feliz que você tenha gostado, e se envolvido tanto, mesmo o livro sendo uma releitura. Todo mundo fala tanto dessa série, que é linda e super real, e não vejo a hora de conhecer logo o Holder e a Sky
      beijos
      http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    18. Oi Mari, tudo bem?

      Eu tenho o primeiro livro, mas ainda não pude comprar o segundo. Amei sua resenha!!! Isso só fortifica a minha vontade de comprar Sem Esperança. Mesmo sem ter lido o livro já posso me ver amando essa história tão bonita.

      Beijos.

      http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir