• Início ♥
  • Sobre ♥
  • Contato ♥
  • Layouts ♥
  • Resenhas ♥
  • Parcerias ♥
  • Rádio ♥
  • 28 abril, 2016

    Resenha: O Ceú Noturno em Minha Mente - Sarah Hammond


    O Céu Noturno em Minha Mente é um Infanto Juvenil escrito pela autora Sarah Hammond e foi publicado pela Galera Record, que gentilmente nos cedeu esse exemplar como cortesia.


    O livro tem um total de 281 páginas, divididas em 30 capítulos. Os capítulos em geral são curtinhos. A tradução foi feita por Maria Beatriz de Medina.


    A diagramação do livro está bem simples, mas agradável com páginas amareladas e bons tamanhos de fonte, margens e espaçamento.


    Sinopse: Mikey Baxter tem 14 anos, mas muitas coisas o diferenciam dos outros garotos da sua idade. Para começar, o pai está na prisão e a mãe se recusa a falar sobre o assunto. Ele sabe que, de alguma forma, isso está ligado à cicatriz em sua cabeça e ao fato de ele parecer ter mais dificuldade em entender certos assuntos do que os outros. Quando um misterioso assassinato ocorre em sua cidade e Mikey é o primeiro a chegar à cena do crime, ele não sabe o que pensar. O que o levou até ali? Quem teria matado o morador de rua da cidade, que parecia nunca ter feito mal a ninguém? E quem era o homem caipira que estava nos arredores?


    O Céu Noturno em Minha Mente é um Thriller infanto juvenil escrito pela autora Sarah Hammond e publicado recentemente pela Galera Record.
    Nesse livro nós conhecemos a história de Mikey Baxter, um garoto de 14 anos que tem uma certa dificuldade em entender algumas coisas que um garoto de sua idade entenderia facilmente. Mikey mora apenas com sua mãe, já que seu pai está preso. 
    Ele não sabe o motivo para o pai ter sido preso, mas sabe que tem algo a ver com a cicatriz que ele tem atrás da cabeça.

    Essa cicatriz em sua cabeça trouxe com ela, visões do passado. Então ao chegar em algum lugar ou chegar perto de alguma pessoa ou animal, Mikey consegue ver o passado dessa pessoa e para esse fenômeno ele deu o nome de "Pra trás".
    Essas visões acabam levando Mikey a um rio onde ele encontra o corpo de um vagabundo da cidade e e alguma maneira ele tem certeza de que seu pai fugiu da prisão e tem algo a ver com  assassinato desse mendigo.
    A partir dai ele tenta desvendar quem cometeu esse assassinato e o que aconteceu no passado de seu pai que o fez ser preso.

    O livro é todo narrado em 1° pessoa pelo Mikey, então nós acompanhamos tudo que acontece pela visão de um menino que claramente tem alguma espécie de retardo  e que não vê o mundo da mesma maneira que as outras pessoas.
    Mikey é um garoto inocente e que só vê o melhor nas pessoas, ele não vê maldade em nada e em ninguém e não consegue percebe quando outros garotos estão zoando dele ou estão tentando usá-lo para obter alguma vantagem.
    O personagem é tão ingênuo e inocente que chega a causa raiva em alguns momentos, já que ele é facilmente enganado por qualquer um.

    Apesar de ter 14 anos, Mikey tem a mentalidade de uma criança e age sempre como tal, então esperem desse livro uma narrativa infantil e sem muito entendimento da realidade do mundo.
    A trama é toda voltada para essa habilidade que o pequeno Mikey desenvolveu junto de sua cicatriz, então temos vários flashbacks durante a história que aos poucos vão nos mostrando mais sobre o passado dele e de sua família, e também de pessoas que estavam diretamente envolvidas com o pai dele.

    Eu iniciei essa leitura sem muitas expectativas e confesso que mesmo assim me decepcionei com esse livro. Eu adoro thrillers e livros de suspense e sinceramente eu não classificaria esse livro como um thriller, pois ele peca em muitos elementos essenciais para um bom mistério.
    A narrativa foi bem arrastada, e os personagens dessa história em nada me cativaram, então esse foi um daqueles livros que eu lia, lia e não via a hora de terminar logo essa leitura.
    Para vocês terem uma noção eu passei quase 5 dias para realizar essa leitura, e olha que é um livro bem curto.

    O mistério em si, é interessante, mas nada surpreendente. Conforme eu fui lendo tudo já foi de cara ficando claro para mim, e ao contrário de outros livros do gênero esse não teve aquele clima de mistério e suspense pairando sobre toda a leitura.
    A história até que melhorou nas 50 últimas páginas, onde o mistério começou a ser esclarecido, mas mesmo assim não foi o suficiente para melhorar minha opinião sobre o livro.
    Vi algumas resenhas bem positivas sobre esse livro, então vai ver que o problema pode ser eu que não estava no clima para um livro desse tipo, cabe então a vocês que se interessarem por esse livro, lerem e tirarem suas próprias conclusões.


    Classificação :

    19 comentários:

    1. Oi Maiara, tudo bem?
      Já li várias resenhas sobre esse livro, e me arrependo de não ter lido quando tive a oportunidade. Claro que a sua perspectiva não foi tão positiva, mas é como você mesmo afirmou, pode ser que você não estava no clima para essa leitura. E na verdade isso acontece bastante. Uma coisa é certa: acho essa capa maravilhosa e a edição deve estar linda <3
      Beijos, Fer

      ResponderExcluir
    2. Olá Maiara!
      Quando eu vi o lançamento desse livro fiquei encantada, principalmente pela capa que é um primor,mas ainda não tinha lido nenhuma resenha dele, sequer a sinopse na verdade, e é uma pena que ele não seja tão bom quanto parece. Ainda assim,devo dar uma chance ao livro, mas talvez mais pra frente.
      Bjs!

      ResponderExcluir
    3. Olá, eu só tive conhecimento sobre esse livro há poucos dias através do facebook da editora e primeira coisa que me chamou atenção foi a capa, achei bem bonita.
      A sua resenha é a primeira que eleio sobre o livro e fiquei interessada com a história mas agora tenho um receio em ler. eu gosto muito de thriller também e estou sempre lendo algum, você disse que levou quase 5 dias para finalizar a leitura e pelo que você falou, acho que comigo poderia acontecer o mesmo. Porém, ainda assim, eu quero ler e tirar minhas próprias conclusões sobre a obra, espero gostar.

      ResponderExcluir
    4. Acho que essa e a primeira resenha pouco positiva que leio do livro e ainda assim, quero muito ler pra saber se posso indicar para o meu filho. Concordo com você, pelo pouco que entendi do enredo, acho que não se trata de um thriller, mas por ser área um publico mais novo, alguns elementos não funcionariam.
      MEU AMOR PELOS LIVROS
      Beijos

      ResponderExcluir
    5. Oi
      Que pena.
      Pela sinopse imaginei que seria uma leitura legal, mas infelizmente a história tomou outro rumo.
      A capa é realmente linda.
      Acontece. Leituras melhores virão.
      Beijinhos
      Rizia - Livroterapias

      ResponderExcluir
    6. Poxa, pela sinopse a história parece ser legal e cativante, é uma pena mesmo você não ter gostado... Mas a capa é linda, né? Achei ela um amorzinho haha
      Um beijão,
      Gabi do likegabs.blogspot.com ♡

      ResponderExcluir
    7. Oi, já vi esse livro em outros blogs e digo o mesmo aqui, achei a premissa bem interessante e cativante, eu fiquei curiosa para ler, mas que pena que você não gostou. A capa é linda.
      bjus

      ResponderExcluir
    8. Olá Maiah,
      Nossa, que pena que o livro não funcionou para você. Como você disse, tem saído muitas resenhas positivas sobre o livro.
      É bastante maçante um personagem com uma mentalidade tão infantil assim, pois é, no mínimo, irritante. Entretanto, não posso deixar de dizer que gostei muito da premissa do livro. Essa questão de Mikey ter visões e ir atrás de uma solução me atraiu.
      Pretendo ler e, sinceramente, espero gostar.
      Parabéns pela resenha e sinceridade.
      Beijos,
      Um Oceano de Histórias

      ResponderExcluir
    9. Eu li uma outra resenha e a menina tinha amado o livro! Que pena que você não gostou tanto... Até desanimei pra ler agora, já que você disse que não há um thriller tanto assim... Mas é como você disse, tenho que ler e tirar minhas próprias conclusões. Mas como terminei de ler um livro desse gênero, vou deixar mais pra frente!

      Virando Amor

      ResponderExcluir
    10. Oi, Maiah
      Como uma primeira impressão, esse livro nem parece um thriller mesmo.
      Que pena que ele te decepcionou dessa forma. Vi tantas resenhas positivas e até tinha ficado animada para ler. Bom, de qualquer forma pretendo ler um dia. Adorei a resenha e sinceridade.

      ResponderExcluir
    11. Oláa!!
      Eu não conhecia esse livro,até que fiquei um pouco curiosa pra saber o que de fato aconteceu com ele e o seu pai e claro saber quem matou o tal mendigo,mas qnd alguém fala que mesmo sem expectativa nenhuma ainda se decepcionou ,acho que já estou mudando de ideia com relação a essa leitura,por enquanto vou deixar passar..

      http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2016/04/resenha-nove-regras-ignorar-antes-de-se.html#comment-form

      ResponderExcluir
    12. Ai, que pena... Eu estava curtindo o enredo, especialmente depois de ler a sinopse, mas então acabei me decepcionando ao saber que o livro não conseguiu cumprir o objetivo de apresentar um thriller bem desenvolvido. Acho que um livro que apresenta um mistério como esse, envolvendo assassinato, precisa ser escrito de um modo que mantenha a atenção e tensão do leitor, mesmo num infantojuvenil.

      Beijos!
      http://www.myqueenside.com.br

      ResponderExcluir
    13. Olá, tudo bom?
      Que pena que o livro te decepcionou, mesmo que você não tivesse expectativas no mesmo =/ Uma pena que o autor não soube desenvolver o enredo de forma que prendesse, não se enquadrando bem como um thriller. Parabéns pela resenha e sinceridade!

      Beijos!
      @PollyanaCampos
      Entre Livros e Personagens

      ResponderExcluir
    14. Helloo, tudo numa nice?!
      Eu tinha visto esse livro por aí, mas a sua foi a primeira resenha que eu vi. Alguns pontos que você ressaltou não me incentivam a fazer a leitura e quando fica arrastada é bem ruim mesmo. Fiquei empacada durante dez dias com um livro com a mesma quantidade de páginas. Mas enfim, eu só fiquei com uma pulga atrás da orelha. Como você falou sobre retardo, acredito que era essa a perspectiva que a autora queria passar para com a obra, se por algum acaso o garoto tem uma lentidão em assimilar as coisas. Por exemplo, alguém que tem autismo vai ver as situações totalmente diferente da maneira que vemos. Não sei quanto a essa livro, mas foi isso que pensei quando mencionou que ele não vê as coisas como todo mundo. E eu não achei que esse seria um thriller, pela capa já sinaliza que não é. Ele parece ter ma pegada de mistério, mas acredito que as situações acontecem para o amadurecimento do Mikey, não para ter aquele teor investigativo apurado como romances policiais. Mas enfim, foi isso que consegui inferir da obra.
      Beijin...

      ResponderExcluir
    15. Oi Maiah, que pena que o livro não era tudo o que você esperava. Eu li ele recentemente e gostei bastante, o personagem me cativou com a simpatia e a inocência, gostei da trama também. É uma pena que você não curtiu tanto, quem sabe você não estava no momento para esse livro, talvez.

      Beijos

      http://www.oteoremadaleitura.com/

      ResponderExcluir
    16. Oi!
      É bem triste saber que esse livro é arrastado, eu queria muito ter lido ele, mas de última hora preferi pegar outro da editora, pois pensei que não daria muito certo o gênero thriller com infanto juvenil, e pelo jeito não deu mesmo.
      Acho que a autora poderia ter abordado os problemas do garoto de outra maneira, do mesmo jeito que seu dom para 'ver o passado', do jeito que ela explicou ficou meio forçado

      ResponderExcluir
    17. Olá,
      confesso que me deu vontade de ler o livro para entender um pouco sobre a mente do menino, tendo em vista que estudo Psicopedagogia. Fiquei triste que não tenha gostado da leitura, infelizmente não é tudo que nos agrada não é mesmo? Porém sua resenha ficou ótimo e acabei querendo ler.
      Beijos

      ResponderExcluir
    18. Oi linda,

      Já li uns 3 thrillers que eram bem mal trabalhados e fiquei entendiada até o final, porque os autores não sabem ou não querem trabalhar de forma mais convincente e aprofundada os personagens e isso acaba com quase tudo.
      Os acontecimentos se arrastam...o personagem principal é bobo e "cego" e o final nem se diz. Desisto logo da leitura.

      Beijos

      ResponderExcluir
    19. Olá!
      Realmente, já vi muitas resenhas positivas sobre esse livro, inclusive de uma amiga minha que gostou muito. Por isso pensei que essa seria mais uma dessas resenhas.
      Não posso dar minha opinião sobre a história completa porque não li o livro, mas gostei da premissa. Acho que pelo fato do menino ser muito ingênuo e ser enganado ficaria revoltada e sentiria falta de detalhes mais concretos, já que ele vê o mundo de forma "diferente".Mas acho que é uma leitura que vale a pena.

      Abraços, Lara.
      http://imperioimaginario.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir