• Início ♥
  • Sobre ♥
  • Contato ♥
  • Layouts ♥
  • Resenhas ♥
  • Parcerias ♥
  • Rádio ♥
  • 11 abril, 2016

    Resenha: Outro Dia - David Levithan


    Outro Dia, A História de Rhiannon, foi escrito pelo autor David Levithan e publicado no Brasil pela Editora Galera Record, que gentilmente nos cedeu esse exemplar em cortesia.


    O livro tem um total de 320 páginas divididas em 32 capítulos. Cada capítulo tem uma média de 10 páginas. A tradução foi feita por Ana Resende.


    A diagramação está simples, mas agradável a leitura. As páginas são amareladas e a fonte, margens e espaçamentos tem bons tamanhos.


    Sinopse: história de "Todo Dia" é mostrada sob o ponto de vista de Rhiannon. A jovem, presa em um relacionamento abusivo, conhece A, por quem se apaixona. Só que A, acorda todo dia em um corpo diferente. Não importa o lugar, o gênero ou a personalidade, A precisa se adaptar ao novo corpo, mesmo que só por um dia. Mas embarcar nessa paixão também traz desafios para Rhiannon. Todos eles mostrados aqui.

    Em Outro Dia, o autor David Levithan reescreve a história do livro Todo Dia, só que dessa vez sob o ponto de vista da personagem Rhiannon.
    Para quem não leu Todo Dia, o livro conta a história de A, que tem 16 anos e todo dia acorda em um corpo diferente, tem dias que ele acorda no corpo de um garoto e tem dias que ele acorda no corpo de uma garota e ele tem que se adaptar a isso.
    Um dia A acorda no corpo de Justin, o namorado de Rhiannon, e ele fica encantado com ela e dai começa a maratona na busca de reencontrá-la a cada 24 horas e cada vez em um corpo diferente.

    Rhiannon é uma jovem insegura que mora com os pais, estuda e mantém a muito tempo um relacionamento abusivo com seu namorado Justin.
    Justin na maioria das vezes age como um idiota e trata Rhiannon super mal, mas ela está sempre tentando ver algo de bom nele afim de manter essa relação.
    Rhiannon percebe que sua relação com Justin não vai bem e que ele é frio e a trata com desprezo, mas ela prefere acreditar na redenção dele e as vezes coloca a culpa em si mesma para justificar as atitudes dele.

    " O amor tem que ser isso: Ver o tamanho do problema que o cara é e amá-lo assim mesmo, porque você sabe que também é um problema, talvez até pior."

    Um dia Justin simplesmente parece diferente, como se fosse outra pessoa, ele pega na mão dela enquanto caminha, coisa que nunca faz, a convida para um passeio especial, a trata com carinho e deixa claro o quanto ela é importante. Rhiannon acredita que Justin finalmente mudou e mal aguenta de ansiedade para viver outros dias iguais a esse, mas no dia seguinte, Justin volta a ser o mesmo de sempre e parece até não lembrar direito de tudo que aconteceu no dia anterior.
    Ela se questiona sobre as atitudes dele e quando A, a procura e conta a verdade para ela, Rhiannon de inicio não acredita, acha que é uma brincadeira de mal gosto, mas aos poucos acaba se convencendo de que A diz a verdade e que era ele no corpo de Justin naquele dia especial.

    A partir do dia que conhece A, a vida de Rhiannon muda completamente. Ela vê sua vida dividida entre estar  na escola com os amigos e o namorado e estar com A, essa pessoa que cada dia tem uma aparência diferente, mas que a ama e a faz sentir especial, como ninguém jamais fez.
    Conforme ela vai convivendo com A, um sentimento especial vai surgindo entre os dois. Mas será que ela será capaz de ficar com uma pessoa que cada dia tem uma aparência diferente?

    Eu até hoje não realizei a leitura de Todo Dia, mesmo tendo lido várias resenhas incríveis sobre ele e tendo muita curiosidade de conhecer essa história.
    Então quando vi que a Galera estava lançando esse livro que traria a mesma história sob o ponto de vista de outro personagem eu decidi que essa seria minha oportunidade de realizar essa leitura e conhecer essa história.
    Mesmo não tendo lido Todo Dia, eu não tive nenhuma dificuldade na leitura desse livro e em momento nenhum a história se mostrou confusa

    "Estou me segurando a ele tanto quanto ele está me segurando. Chegamos ao equilíbrio perfeito, no qual cada um de nós é forte e cada um de nós é fraco, no qual damos e recebemos."

    O autor através dessa bela história debate sobre vários temas importantes, como por exemplo, as relações abusivas. Nessa leitura fica claro o quanto esse tipo de relação só faz mal, mas que mesmo assim, a vitima acaba sempre se culpando por tudo e se mantém na relação acreditando que o companheiro irá mudar, ou que seria bem pior ficar sozinha.
    Outros temas abordados são a questão da sexualidade e de gênero, já que A não se vê com um gênero definido, ele não é um menino ou uma menina, ele é simplesmente uma pessoa.
    E por fim, mas não menos importante, a questão do que realmente importa, um rosto bonito ou um interior bonito?

    A narrativa é feita toda em 1° pessoa pela Rhiannon e eu adorei a personagem! Gostei muito de ver o quanto ela foi mudando ao decorrer da história, de uma forma sutil, mas significativa.
    A é um personagem maravilhoso, o que só me deixou mais curiosa para ler Todo Dia, e conhecer a história sob o ponto de vista dele.
    A história é muito bonita e muito gostosa de ser lida, então eu acredito que vale a pena não só para os leitores de Todo Dia, mas para qualquer um que queira conhecer essa história.

    O autor encerrou a história de uma maneira que deixa um gancho para um próximo livro, então quem sabe em breve não teremos uma continuação para essa história?
    Eu amei essa leitura e me vi completamente absorvida e apaixonada por essa história. Foi uma leitura rápida, leve, e muito linda que irá conquistar não só os fãs do David Levithan e do livro Todo Dia, mas todo leitor que gosto de uma boa e linda história.

    " É aqui que acaba. É aqui que começa.
      Cada momento. Todo dia.
      É aqui que acaba. É aqui que começa."


    Classificação:


    22 comentários:

    1. Aiii eu quero ler!
      Só que preciso primeiro ler Todo Dia né haha
      Mas adoreei a estória.
      Até agora só li um livro do Levithan, que foi Garoto Encontra Garoto. Esse livro é muito bom e amei a escrita do autor!

      Beijos

      www.ooutroladodaraposa.com.br

      ResponderExcluir
    2. Oi Maiara, terminei de ler esse livro e gostei bastante também. E assim como você, amei a leitura, especialmente porque podemos ter a esperança de um proximo livro né?! As percepções da personagem, Rhiannon, é maravilhosa, tanto quanto "A". É mesmo uma leitura bem rápida, e suas impressões definiram muito bem as minhas próprias.
      Beijos, Fer ♡♡♡

      ResponderExcluir
    3. Oi Flor, sério que você leu este livro sem ter lido o TODO DIA??? Achei incrível que ainda assim, você não tenha encontrado passagens estranhas no livro, o que prova que a leitura de um, independe do outro. Esse livro é um dos que mais quero ler no momento. Muito curiosa com este ponto de vista da mocinha e sobretudo, porque a escrita do Levithan é surreal de tão bela!!!
      MEU AMOR PELOS LIVROS
      Beijos

      ResponderExcluir
    4. Maiah a premissa desse livro me deixa tão curiosa com o fato do protagonista acordar cada dia em um corpo, e como se sentirá quando se apaixonar. Ainda não li nada do autor espero começar ler com esse livro e conhecer o final da história. beijos

      Joyce
      www.livrosencantos.com

      ResponderExcluir
    5. Amiga eu também tenho o primeiro livro e ainda não fiz a leitura desse livro. Tenho muito interesse porque eu também já vi vários comentários bons sobre ele, mas também fiquei interessada nesse segundo, porque pela maneira como tu abordou na resenha a estória me parece ser bastante envolvente, ainda mais sendo no ponto de vista de um outro personagem e nos deixando ainda mais próximo de tudo que está acontecendo. Espero poder fazer a leitura assim que puder, mas antes vou ver se compro esse livro, porque assim leio os dois de uma vez só rs

      http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/04/resenha-o-plano-e-o-amor.html

      ResponderExcluir
    6. Eu ainda não li todo dia, mas achava bem interessante esse esquema de ele se apaixonar pela menina e mudar de corpo a cada 24h e precisar achá-la novamente.
      O bom é que você não leu o primeiro, então acho que esse ficou uma história que nao é repetitiva, mas fiquei bem curiosa para saber se pra quem já leu Todo Dia, Outro dia não fica cansativo, pois POV's são bem complicados se não escritos direito.
      Enfim, é uma ótima indicação, espero um dia ter a chance de ler

      www.gordinhaassumida.com.br

      ResponderExcluir
    7. Olá Maiah,
      Sou apaixonada pela história de Todo Dia e, justamente por isso, tenho certo receio de ler Outro Dia, pois acho que posso me decepcionar.
      Gostei muito da sua opinião, dá para ver que sua resenha transborda amor. Acho que o David fez muito bem nos apresentando o outro lado da história. A Rhiannon é uma personagem que me agradou em Todo Dia. Além do relacionamento abusivo presente no livro, acho que o autor fala muito sobre amar o que há por dentro da pessoa e não sua aparência física.
      Enfim, amei sua resenha e, provavelmente, darei uma chance ao livro.
      Beijos,
      Um Oceano de Histórias

      ResponderExcluir
    8. Que capa linda :O :O Com certeza procurarei esse livro :3
      p.s. amei a resenha está bem escrita e não cansativa :D

      ❥Blog:Gordices Literárias

      ResponderExcluir
    9. Oie.
      Eu ainda não tive a oportunidade de ler o primeiro livro, infelizmente... Mas ele está na minha lista, a premissa é linda e um livro que é narrado pelo ponto de vista da outra pessoa é ainda melhor. Acho que também gostaria da Rhi.
      Fico tentando me imagina no lugar de A, deve ser desesperador estar em sua pele.
      Adorei saber que o livro é bom e termina com um gostinho de quero mais, e principalmente adorei saber que o autor fala sobre Relacionamento abusivo, quero conferir mais sobre o livro

      ResponderExcluir
    10. Oi Maiah!

      Eu quero muito ler Todo dia e Outro dia, porque nunca li nada do autor e acho que o primeiro contato com ele através destes livros será bem mais legal. Eu adoro ler histórias que passam alguma lição, no caso, relações abusivas, acho um tema de muita importância e que precisa ser debatido. Fico feliz que tu tenha mergulhado na história e gostado dela. Me da mais animo ainda para ler. :D

      beijo!

      ResponderExcluir
    11. Oiii!!!

      Mai, eu estou muito curiosa para a escrita do autor, comprei o Todo Dia para um amigo e ele AMOU! Mas até hoje eu não consegui ler. e sinto que eu estou perdendo uma grande obra. Pela sua resenha ficou claro que o autor não ficou no mas do mesmo, o que eu não gosto desses livros por visões, é que a história é nomralmente as mesmas, o que é uma pena. Saber que isso não acontece nesse livro é ótimo!
      Adorei sua resenha! AAAAAAh fiquei feliz em saber que a personagem vai crescendo e isso é perceptivo.
      Enfim, espero ler em breve!

      Beijinhos

      ResponderExcluir
    12. Oi Maiah, eu li Todo dia do autor e gostei muito, e acredita que Outro dia é minha leitura atual? eu estou amando, e é muito bom poder relembra da história de A, estou quase terminando e ver que você gostou me anima bastante, a história é ótima mesmo!

      Beijos

      http://www.oteoremadaleitura.com/

      ResponderExcluir
    13. Olha que coincidência: me indicaram um filme coreano com praticamente a mesma história!
      O nome é The Beauty Inside mas ainda não assisti.
      Fiquei com muita vontade de assistir ao filme E ler o livro para ver quais são as diferenças :)

      Adorei a dica!
      Beijos,
      Giulia | www.1livro1filme.com.br

      ResponderExcluir
    14. Olá

      Eu li todo dia e pra ser bem sincera odiei. Pra ser bem sincera a forma como o livro acaba pra mim não precisa de uma continuação. Vejo através das suas impressões que estou enganada pois o livro tem mais a oferecer com temas bem sérios. Mesmo assim a leitura do anterior foi tão ruim pra mim que vou eixar passar.

      Bjos
      rillismo.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    15. Olá.

      Eu já fiz o contrario de você rss Eu li o primeiro, mas não tenho vontade de ler esse. O que eu queria mesmo é continuação da história, já que, como você disse, o autor no final realmente deixa um gancho para talvez um próximo livro. Gostei bastante das suas considerações, mas não tenho interesse em ler esse livro.

      Beijos!
      www.anebee.com.br

      ResponderExcluir
    16. Oi, flor.
      Interessante ler sua resenha, pois você não conheceu Todo Dia. Bem, eu também não li Todo Dia, embora tenha adquirido o livro há um tempão. Li resenhas sobre essa obra que soaram decepcionadas, justamente porque os leitores – já tendo lido o livro anterior – tinham outras expectativas. Parece que você, por outro lado, acabou sendo positivamente surpreendida. Talvez eu devesse fazer como você – ler esse livro antes do primeiro (rs).

      Beijos!
      www.myqueenside.com.br

      ResponderExcluir
    17. Eu ainda não li nenhum dos dois livros, mas muito legal a forma que o autor criou a história. Fiquei muito curiosa para saber como é a escrita do autor e como ele escreve o fato de A acordar todo dia em um corpo diferente. Acho também muito interessante o autor ter debatido o tema sobre relações abusivas. Quero ler os dois livros para saber como é o ponto de vista de A também, como ele se sente em acordar todo dia em um corpo diferente e outras coisas. Adorei a resenha!
      Beijos.
      http://www.virandoamor.com/

      ResponderExcluir
    18. Oiê
      Eu tenho uma imensa curiosidade em ler algo desse escritor, pois ele sempre tem ótimas críticas e essa obra questão tem vários elogios. Meu amigo tem o livro Todo Dia é eu estou pensando seriamente em pegar para ler. Pra mim, fazer um mesmo livro só que com outro ponto de vista acho um pouco insignificante, não vejo tanta necessidade. Adorie a sua resenha
      Bjks

      ResponderExcluir
    19. Oi Maiah,

      Eu sou muito curiosa pra fazer a leitura desse livro desde a primeira resenha que eu li, confesso que sempre achei essa capa extremamente sem graça, mas percebo que ela se encaixa perfeitamente na premissa né? Interessante. Acho que a proposta do livro é completamente original e é impossível, não ficar tentada a ler essa obra.
      Beijos

      ResponderExcluir
    20. Oi!
      Eu também tenho muita curiosidade sobre Todo dia, só leio resenhas positivas e acho que iria gostar muito do livro... Já sabia dessa nova visão da historia e fico feliz por saber que ela também é muito, só que mesmo sabendo que ela não precisa ser lida só depois do outro, acho que vou esperar para ler na ordem... O autor soube trazer muitos temas para reflexão nesse livro mesmo, sobre aceitação, amor, gêneros...
      Beijos!

      ResponderExcluir
    21. Eu não conhecia esse livro, nem o primeiro. Mas me interessei pelos dois. fiquei querendo saber como funciona isso de acorda a cada dia em um corpo diferente. E o mais bacana é que no segundo livro podemos conhecer o ponto de vista de outro personagem sobre a história. Gostei muito dessa proposta, achei diferente. Acho muito interessante a discussão de temas importantes, como relações abusivas. Estou muito quedada a ler as obras, vou até anotar.

      Tatiana

      ResponderExcluir
    22. Oi Maiah, tudo bem contigo ???
      Até hoje nunca tive a chance de ler o livro Todo Dia, mas assim como você, sempre escuto vários elogios com relação ao livro, além de ter lido diversas resenhas positivas que super indicavam a leitura e comentavam o quanto as reflexões que ele trazia eram importantes.
      Não sabia que esse livro havia sido lançado, mas logo que vi a capa e o título, imaginei que seria alguma continuação do primeiro. Achei legal saber que ele aborda a história sob o ponto de vista de outro personagem, mas me pergunto, e isso não tem a ver com o livro em si, se essa fórmula já não está ficando batida. Cada vez mais eu encontro livros que possuem "continuações" com o ponto de vista de outro personagem acerca da mesma história. Me pergunto até que ponto isso é interessante e quando chega o fato de que se pretende ganhar mais com uma história de sucesso ...
      Não sei se lerei esse livro, mas pretendo realizar a leitura do primeiro algum dia !!!

      Beijinhos
      Hear the Bells

      ResponderExcluir