• Início ♥
  • Sobre ♥
  • Contato ♥
  • Layouts ♥
  • Resenhas ♥
  • Parcerias ♥
  • Rádio ♥
  • 02 junho, 2016

    Resenha: O Quarto Dia - Sarah Lotz


    O Quarto Dia é um livro de terror escrito pela autora Sarah Lotz e publicado no Brasil pela Editora Arqueiro. Esse exemplar foi cedido pela editora em parceria ao blog.


    O livro tem um total de 352 páginas e possui capítulos com uma média de 6 a 7 páginas, o que deixa a leitura bem fluida. A tradução foi feita por Alves Calado.


    A diagramação está bem caprichada. As bordas do livro são coloridas, na cor azul. As páginas são amareladas, a fonte tem um bom tamanho e as margens e espaçamentos proporcionam uma leitura confortável. O livro não possui orelhas, mas a capa tem um material resistente.


    Sinopse: Em O Quarto Dia, Sarah Lotz conduz o leitor por uma viagem de réveillon que tinha tudo para ser perfeita. Mas às vezes o novo ano reserva surpresas desagradáveis...
    Janeiro de 2017. Após cinco dias desaparecido, o navio O Belo Sonhador é encontrado à deriva no golfo do México. Poderia ser só mais um caso de falha de comunicação e pane mecânica... se não fosse por um detalhe: não há uma pessoa viva sequer no cruzeiro.
    As autoridades acham indícios de uma epidemia de norovírus, mas apenas descobrem os corpos de duas passageiras. Para piorar, todos os registros e gravações de bordo sofreram danos irreparáveis.
    Como milhares de pessoas podem ter sumido sem deixar rastro? Teorias da conspiração se alastram, mas só há uma certeza: 2.962 passageiros e tripulantes simplesmente desapareceram no mar do Caribe.



    Em O Quarto Dia, o leitor embarca em uma viagem em um cruzeiro que tinha tudo para ser incrível, mas que após vários acontecimentos desagradáveis e até sem explicação, poderá transformar a noite de Réveillon dos quase três mil passageiros em um verdadeiro inferno. 
    O livro foi escrito pela autora Sarah Lotz, mesma autora do livro Os Três publicado também pela Editora Arqueiro.
    Eu li Os Três e foi uma leitura cheia de terror, mistério e muito suspense, foi um ótimo primeiro livro da autora, então iniciei a leitura de O Quarto Dia cheia de boas expectativas e infelizmente acabei me decepcionando.

    O Quarto Dia é narrado em sua grande maioria em 3° pessoa, e somos apresentados a vários personagens que ocupam posições distintas nesse cruzeiro.
    Temos Maddie, que é assistente de Celine Del Ray, uma médium que está no navio para fazer alguns shows para um grupo de tripulantes.
    Celine  na verdade é uma farsa e Maddie tem total conhecimento disso, já que é ela quem colhe a maioria das informações que Celine dá em seu Show. Ela não está satisfeita com seu emprego já que sua chefe é uma carrasca, mas segura as pontas mesmo assim.
    Além de Maddie, temos Gary, um homem que acabou de cometer um crime no cruzeiro. Althea uma camareira que almeja melhorar de cargo. Helen e Elise que são duas amigas que tem um pacto de suicídio, Jesse que é o médico do cruzeiro, Devi um dos guardas do navio e Xavier que é um blogueiro.

    Cada um dos personagens tem sua história dentro e também fora do navio e cada um deles guarda um segredo que esconde de todos e que ao decorrer da leitura vamos descobrindo aos poucos.
    Cada capítulo é narrado por um desses personagens, e em cada capítulo mais de um deles aparece já que em determinadas situações eles acabam se encontrando.
    Tudo estava correndo bem no Cruzeiro até que a partir do 4° dia coisas estranhas e sem explicação começam a acontecer e o cruzeiro que parecia perfeito começa a se tornar um pesadelo.
    O livro tem uma narrativa muito fluida e clara, o que nos faz ler em um ritmo bem acelerado. A história apresentada pela autora é interessante o que nós faz ficar curiosos para saber o que irá acontecer.

    Apesar de ter uma premissa interessante e uma atmosfera que tinha tudo para causar um bom medo no leitor, em minha opinião a autora não soube usar bem esses fatos e o livro acabou se tornando uma leitura interessante, com um bom ritmo, mas sem aquele climão, suspense e sustos que nós esperamos de livros desse gênero.
    Em nenhum momento da leitura as coisas se tornaram assustadoras e tensas e isso me desapontou um pouco.
    Todo o suspense, medo e tensão que senti lendo Os Três, infelizmente não aconteceram na leitura de O Quarto Dia.

    O final foi outra coisa que deixou muito a desejar nesse livro. Apesar de ele seguir o mesmo padrão de Os Três, sendo um final aberto e que nos deixa pensando sobre o que realmente aconteceu na história, nesse caso a autora acabou se perdendo na história e conduzindo ela a um final em que nada faz muito sentido e que me deixou completamente perdida e sem entender nada, o que foi bem decepcionante.
    Salvo a narrativa da autora que é muito fluida e a premissa que é interessante, acho que autora pecou no desenvolvimento da história, o que acabou tornando o livro bem monótono e com um final totalmente confuso.

    Mesmo o livro não tendo funcionado muito para mim, de todo modo não foi uma leitura de todo ruim, já que como já falei a autora tem uma escrita muito boa e a leitura dá pra ser realizada bem rapidamente.
    Se você gosta de livros do gênero e não se importar com um final bem aberto, talvez seja uma boa leitura pra você, já que tenho visto que o livro tem dividido bastante as opiniões dos leitores.


    " Há duas coisas que tenho certeza: a primeira é que a morte não existe; a segunda é que as almas dos que deixaram o mundo físico estão sempre conosco..."

    Classificação: 






    20 comentários:

    1. Oi Maiara, o post ficou ótimo, ainda mais por conta das fotos maravilhosas. Bom, esse livro está na minha lista de leituras porque já li o outro livro da autora e só tenho elogios a fazer sobre sua narrativa. É mesmo uma pena que a história não tenha funcionado muito bem para você.
      Beijos, Fer

      ResponderExcluir
    2. Nossa, amei as fotos. Eu comecei a ler Os Tres da mesma autora, e acabei abandonando porque não consegui me envolver com a narrativa da autora e isso me desmotivou tentar ler O Quarto dia. POrem, pretendo, quem sabe um dia, tentar de novo. Beijos!

      ResponderExcluir
    3. Oie maiara, assim como você solicitei esse livro para a editora arqueiro porque queria muito ler mas acabou me decepcionando, é tudo muito fraco e nem mesmo consegui me prender na narrativa, e o final para mim também não compreendi nada, além de ter muitos fatos na história que não serviram para nada, em fim, não gostei mas valeu a leitura para conhecer a escrita da autora, e que bom saber que a premissa do outro te agradou mais.

      ResponderExcluir
    4. Eu acho que o mais me animou para ler o livro, depois que li a sua resenha, foi justamente o fato de não ser o terror que eu estava esperando. Eu não gosto muito de terror mas estou super curiosa com esse livro e agora estou bem mais tranquila para ler, espero fazer isso em breve porque já não me aguento de curiosidade.

      ResponderExcluir
    5. Adorei as fotos que você postou, lindas!!!
      Não me interessei pelo livro e as suas considerações me desanimaram mais ainda. Que pena que o livro não funcionou pra ti e o final não te agradou. Ainda assim, vou passar a dica para amigos que acredito eu, possam apreciar.
      MEU AMOR PELOS LIVROS
      Beijos

      ResponderExcluir
    6. Lindas as fotos do post! Nunca li livros de terror, que pena que este tinha tudo para dar super certo e não deu muito.
      Esse tipo de livro mesmo não agrada a todos, uma pena que não deu certo para você.
      Beijos.

      ResponderExcluir
    7. Olá! Tudo bem?

      Embora eu goste de histórias de terror, não li muitos livros assim. Esse livro me pareceu muito interessante, a história me interessou, embora não goste de finais abertos, gosto de saber como as coisas se concluíram no mínimo detalhe rs Esse livro tem saga? Porque tem uma capa vermelha que lembra muito essa capa.

      Beijinhos,
      Beatriz Nathaly
      Blog Escrevendo Mundos

      ResponderExcluir
    8. Olá Maiah,
      Essa é a segunda resenha que leio que não é positiva dessa obra. Confesso que tenho vontade de ler esse livro para formar uma opinião, pois acho a premissa interessantíssima, talvez ela esteja apenas crua demais, sabe?
      Fiquei bem alegre de ter visto que temos um blogueiro na obra.
      Enfim, mesmo a leitura tendo te decepcionado - e com razão - pretendo ler, mas já vou com poucas expectativas rs.
      beijos,
      Um Oceano de Histórias

      ResponderExcluir
    9. Oiee ^^
      Poxa, é uma pena que o livro não tenha tanto clima e mistério quanto aparenta *-* não sou fã do gênero, mas tenho visto coisas boas sobre a autora, então me sinto curiosa para conhecer a escrita dela. O livro parece ser interessante, mas saber que o final deixou bastante a desejar me desanimou *-*
      MilkMilks ♥
      http://shakedepalavras.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    10. Eu acho que essa autora tem grandes problemas com os finais dos seus livros. Eu li o Três e achei nque tinha tudo para ser puta de um livro se eu não tivesse me frustrado tanto com o final.
      Eu tinha até pensando em ler Quatro mas após tantas resenhas negativas do livro percebi que seria uma nova frustração. Então não pretendo ler esse livro.
      Bj

      ResponderExcluir
    11. que pena que a história tte desapontou... é tão ruim quando a gente bota uma expectativa alta numa leitura e ela deixa a desejar... eu tava curiosa com esse livro,pois curto suspense/terror e afins, mas depois de saber que ele não tem esses elementos na medida certa, desanimei pra ler...
      bjs...

      ResponderExcluir
    12. Que pena que o livro não foi tão bom no sentido climão e/ou suspense, pois esta é uma das razões de eu não gostar tanto de livros de terror, não é toda hora que empolga ou assusta, e olha que eu gostei mais da premissa desse livro do que de Os Três, esse tem uma hype que me lembra Fringe e eu estava bem curiosa!

      http://deiumjeito.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    13. Oi, flor.

      Que pena que o livro não funcionou pra vc. Eu li muitas resenhas positivas osbrea obra, mas não tive vontade de ler, visto que eu não gosto muito de terror. Eu morro de medo, sabe? rsss Eu não gosto muito quando o livro termina com um final meio vago, pois acaba prejudicando o entendimento. Amei sua resenha!

      Beijos,
      www.anebee.com.br

      ResponderExcluir
    14. Realmente tinha tudo para ser um livro assustador e cheio de suspense que pena que n sentiu isso, mas sinceramente ainda continuei cativada com o livro me parece uma boa leitura pro final de semana.

      ResponderExcluir
    15. Sabe que eu já não gostei tanto de Os três? E pelas resenhas que eu li, acho que esse vai me interessar bem mais! rsrs
      Mas que pena que você se decepcionou, né? :( Espero que eu não me engane e acabe realmente gostando da leitura.
      beijos
      www.apenasumvicio.com

      ResponderExcluir
    16. Olá, tudo bom?

      É bem chato quando uma história tem tudo para ser boa, mas se perde no desenvolvimento. Quando eu vi diversas recomendações para Os Três, já fiquei animada para ler os livros dessa autora. Com a sinopse de O Quarto Dia, fiquei super empolgada para a leitura, já que parecia que eu ia amar. Porém percebo que não é o caso :(

      Ótima resenha, como sempre. Obrigada pela dica, mesmo assim ;)

      Beijos.

      http://instantesmemoraveis.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    17. Oi Mahia,
      sério que não achou o livro tenso??? Eu achei hiper, mega tenso, passei 90% da leitura com um nó no estômago, os seres sobrenaturais tiraram meu sono mais de uma vez e até hoje evito ficar pensando em certos elementos da história. Dos dois um, ou você é mega corajosa ou eu sou mega covarde hahaha

      Abçs
      Nosso Mundo Literário

      ResponderExcluir
    18. Oii, tudo bem?
      Eu adorei a sua resenha! Eu tenho visto muitas criticas a respeito desse livro, e a maioria achou o final confuso e corrido assim como você. Eu particularmente não leria o livro, mas é mais pelo fato de que eu sou muito medrosa rsrs

      ResponderExcluir
    19. Oi Maiah, realmente esse livro causa muitas opiniões diversificadas entre os leitores, mas eu por adorar um bom suspense com terror, não pude deixar passar despercebida por esse livro desde o lançamento dele. Apesar de tudo quero dar uma chance a ele para ver se eu gosto :D

      Beijos

      http://www.oteoremadaleitura.com/

      ResponderExcluir
    20. Oi Maiah, tudo bem ???
      Ao contrário de você, eu não tive uma experiência muito agradável com Os Três. Esperava muito, muito, muito desse livro, e mesmo tendo gostado de vários elementos escolhidos pela autora, e principalmente do final, confesso que não consegui gostar mesmo da obra. Pelo menos não como eu esperaria gostar.
      Por esse motivo, estou ansiosa para ler O Quarto Dia. Quero muito dar uma segunda chance para a autora, e além disso, ouvi dizer que esse livro possuí uma leve ligação com Os Três !!!
      Uma pena que você não tenha conseguido aproveitar tanto a leitura quanto aproveitou no primeiro livro, espero que eu goste mais desse livro do que do primeiro, pois acho que a Sarah ainda possui cartas na manga capaz de me deixar realmente encantada !!! ^^

      Beijinhos
      Hear the Bells

      ResponderExcluir