Conectar como

ebooks

Ensaio Sobre a Morte Grátis com Kindle Unlimited

Publicado

em

Participamos do Programa de Associados, um serviço de intermediação entre a loja e os clientes, que remunera a inclusão de links para o site da Amazon e os sites afiliados.

Livro da Autora Rosane Ribeiro, ENSAIO SOBRE A MORTE – Quatro gerações, quatro membros de uma mesma família, diferentes percepções sobre os mesmos acontecimentos.

Esta novela que se inicia no ano 2000 com o nascimento de Felipe e se arrasta até a década de 1920 com o nascimento de Catarina, narra a vida de quatro protagonistas, e seus encontros com a morte, abordando temas atemporais como depressão, bullying, relacionamento abusivo, consequências e trauma de guerra, e luto, em passagens conflituosas rápidas e intensas.

Augusto acredita que a morte seja obcecada por alguns, enquanto Catarina crê que a vida seja obcecada por outros, como se ambas fossem uma maldição. Catarina vê seus sonhos destruídos por um trauma de guerra e enfrenta seu destino numa época em que as mulheres cumprem suas obrigações de esposa sem questionar e sem se expor, enquanto Isabela aceita um relacionamento abusivo em pleno século XXI.

Uma severa depressão leva Felipe a desdenhar e repudiar a vida, enquanto Augusto consegue acreditar na ressurreição por amor, lutando contra a morte. Segredos guardados e suportados por amor, por vaidade ou circunstâncias, fatalidades, intuições, as palavras não ditas, os sentimentos não revelados, as decisões não tomadas, ganham sentido, ou perdem todo ele, diante da morte.

Continue Lendo
Propaganda
Comentários

Dicas

10 Melhores Livros de Romance para Você Curtir [2020]

Publicado

em

Participamos do Programa de Associados, um serviço de intermediação entre a loja e os clientes, que remunera a inclusão de links para o site da Amazon e os sites afiliados.

Livros de romance costumam sempre estar entre a lista dos livros mais vendidos e procurados em todas as livrarias.

Porém, existem muitas opções no mercado o que torna a escolha de qual livro de romance comprar um pouco confusa e demorada.

Por isso, listamos aqui os 10 melhores livros de romance entre os mais vendidos que vão mexer com suas emoções.

Com um pequeno resumo do conteúdo de cada um você pode adquirir o livro mais adequado para o seu momento atual e assim se divertir e se emocionar com lindas histórias.

#1 Parece Dezembro

Autor: Mario Feitosa

Livro participante do Prêmio Kindle de Literatura, concurso cultural promovido pela Amazon.com.br, com apoio da Editora Nova Fronteira.

“Parece Dezembro”, de Mario Feitosa, leitura obrigatória de 2019, tenta contar, da vida, um tanto.

Entre relatos, conselhos e críticas, coloca Maria no pedestal de mulher. Porque Maria, se francos, define mulher.

E Maria vive, desvive e revive. Maria tenta traçar seus passos, encara os descompassos, se refaz e faz do mundo seu lar.

Porém Maria vê-se, a si, naquele lugar do qual não há saída. E erra.

Erramos todos, afinal. Contudo se refaz. E o futuro? O futuro, e digam os sábios e observadores, ninguém conhece.

Entre versos imortais de Chico Buarque e a realidade, “Parece Dezembro” desenha uma linha contínua e imparável de nasceres e morreres.

Pois ninguém nasce uma única vez ou aceita morrer e deixar de ser.

Música, paixão, dor, amor e renascimento forram este romance apaixonante e inspirador, escrito de um ser humano para quem o quiser ler.

Renda-se. Apaixone-se. Permita-se descobrir o que de Maria há em nós.

Características:
eBook: 107 páginas
Editora: Amazon
Link do Livro na Amazon


#2 Como Eu Era Antes de Você

Autor: Jojo Moyes

Capa do Livro: como eu era antes de você

(Trilogia Como eu era antes de você – livro um) O livro Como eu era antes de você é sucesso absoluto na categoria de livros de romance.

Já vendeu mais de 8 milhões de cópias em todo o mundo e já esteve no topo da lista de livros mais vendidos em noves países.

Tanto sucesso traz a essa irresistível história um roteiro da própria autora para o cinema com a interpretação de Emilia Clarke (Game of Thrones) e Sam Claflin (Jogos Vorazes) nos papéis de Will e Lou.

Nessa cativante história a personagem Lou Clark é uma jovem cheia de vida, espontaneidade , muito inteligente e sabe de muitas coisas.

Ela sabe quantos passos separam sua casa do ponto de ônibus. Sabe que ama trabalhar como atendente em um café e sabe que possivelmente não ama Patrick seu namorado.

O que Lou não sabe é que está prestes a perder o emprego, e que isso a obrigará a repensar toda sua vida.

Will Traynor, por sua vez, sabe que o acidente com a motocicleta tirou dele a vontade de viver. Ele sabe que o mundo agora parece pequeno e sem graça, e sabe exatamente como vai dar um fim a tudo isso.

O que Will não sabe é que a chegada de Lou vai trazer de volta a cor à sua vida. E nenhum deles desconfia de que esse encontro irá mudar para sempre a história dos dois.

Características:
Capa comum: 368 páginas
Editora: Intrínseca; Edição: Capa do filme (18 de abril de 2016)
Link do Livro na Amazon


#3 Depois de Você

Autor: Jojo Moyes

Capa do Livro de Romance: depois de você

(Trilogia Como eu era antes de você – livro dois) Cuidado que as descrições de livros de trilogia podem conter muitos spoilers o que é o caso de depois de você. Tomamos o cuidado de cortar alguns detalhes que podem retirar um pouco da experiência de quem ainda não leu o primeiro livro.

 No segundo livro da trilogia Lou está morando em um flat em Londres, ela trabalha como garçonete em um bar no aeroporto.

Certo dia, após beber muito, Lou cai do terraço. O terrível acidente a obriga voltar para a casa de sua família, mas também a permite conhecer Sam Fielding, um paramédico cujo trabalho é lidar com a vida e a morte.

Ao se recuperar, Lou sabe que precisa dar uma guinada na própria história e acaba entrando para um grupo de terapia em grupo.

Os membros compartilham sabedoria, risadas, frustrações e biscoitos horrorosos.

Tudo parece começar a se encaixar, quando alguém do passado surge e atrapalha os planos de Lou, levando-a a um futuro totalmente diferente.

Características:
Capa comum: 320 páginas
Editora: Intrínseca; Edição: 1ª (20 de fevereiro de 2016)
Link do Livro na Amazon


#4 Ainda sou eu

Autor: Jojo Moyes

Capa do Livro de romance: Ainda sou eu

(Trilogia Como eu era antes de você – livro três) O terceiro livro da sequência dos romances “Como eu era antes de você” e “Depois de você”, que arrebataram o coração de milhares de fãs, “Ainda sou eu” conta uma história comovente sobre escolhas, lealdade e esperança.

Lou Clark chega em Nova York pronta para recomeçar a vida, confiante de que pode abraçar novas aventuras e manter um relacionamento a distância.

Ela é jogada no mundo dos super-ricos Gopnik, Leonard e a esposa bem mais nova, e um grande número de empregados e puxa-sacos.

Ela está determinada a tirar o máximo dessa experiência, por isso se joga no trabalho e, antes que tenha noção, está no meio da alta sociedade de Nova York, onde conhece Joshua Ryan, um homem que traz consigo um sopro do passado de Lou.

Enquanto tenta manter os dois lados de seu mundo unidos, ela tem que guardar segredos que não são seus e que podem mudar totalmente sua vida.

E, quando a situação atinge um ponto crítico, ela precisa se perguntar: Quem é Louisa Clark? E como é possível reconciliar um coração dividido?

Características:
Capa comum: 400 páginas
Editora: Intrínseca; Edição: 1ª (8 de fevereiro de 2018)
Link do Livro na Amazon


#5 Caçadora de estrelas

Autor: Raiza Varella

Capa do Livro de Romance: caçadora de estrelas

Caçadora de estrelas figurou na lista de e-books da revista Veja, quem lê se apaixona pela história, comprovado pelo grande número de avaliações 5 estrelas em todas as plataformas que vendem o livro de romance. 

Após flagrar o namorado com outro cara (e ele ainda tem um gosto para homens melhor que o seu!), Eva se arrepende de ter abandonado a família, o gato, o emprego, os amigos e até o país para segui-lo.

Com um mau humor feroz de quem acaba de ser traída e sem um centavo no bolso, ela decide que é hora de voltar para casa. Embora a vida em casa esteja bem diferente do que ela se lembrava, Eva é obrigada a seguir em frente e lidar com a situação como uma mulher adulta.

Mas o destino lhe prepara uma nova surpresa: um amor proibido. Será Eva corajosa o suficiente para lidar com mais um coração partido, mesmo que seja pela estrela mais brilhante do céu?

Raiza Varella é uma autora brasileira quem tem conquistado destaque com seus livros de romance e nos mostra que temos muitos talentos nacionais fazendo bonito.

Ela se aventurou pela primeira vez no mundo da escrita com uma trilogia romântica com um toque de conto de fadas, e agora publica seu primeiro romance pela Verus.

Formada em direito e fissurada por amores impossíveis, durante o dia mora em São Paulo com o marido, o filho, um cão e uma gata cheios de personalidade. À noite se muda para onde suas histórias a levam.

Características:
Capa comum: 448 páginas
Editora: Verus; Edição: 1ª (8 de outubro de 2018)
Link do Livro na Amazon


#6 Um Lugar Para o Amor

Autor: Sherryl Woods

Capa do Livro de Romance: Um lugar para o amor

Sherryl Woods é uma escritora americana de grande sucesso no mundo inteiro, possui mais de 110 livros de romance e mistério publicados desde 1982.

Ele vivia na solidão do passado… Mas não tardaria para o presente invadir seus dias!

Em “Um lugar para o amor”: Abandonado pelos pais e separado dos irmãos, Ryan Devaney jamais deixou que alguém se aproximasse demais. Afinal, as pessoas não ficavam por muito tempo…

Mas sua sorte muda quando a porta de seu bar irlandês é escancarada por uma ruiva intensa e apaixonada pela vida.

Maggie O’Brien decide que chegou a hora de derrubar de uma vez por todas a muralha de gelo em torno do coração de Ryan.

Ele insiste em afirmar que não acredita no amor, mas o sorriso radiante e o toque carinhoso de Maggie fazem com que mude de ideia pouco a pouco.

Um espírito solitário que encontra conforto… O despertar de sonhos há muito esquecidos… Ryan se dá conta de todo o tempo perdido e agora seu maior desejo é reencontrar os irmãos.

Mas ele estaria pronto para aceitar o desafio de Maggie e reservar dentro dele um lugar destinado ao amor dela — para sempre?

Características:
Capa comum: 256 páginas
Editora: HarperCollins Brasil; Edição: 1ª (30 de março de 2016)
Link do Livro na Amazon


#7 Jane Eyre

Autor: Charlotte Brontë

Capa do Livro de Romance: Jane Eyre

Jane Eyre, é o livro de romance de estreia da consagrada e renomada escritora inglesa Charlotte Brontë, narra a história de vida da heroína que dá nome ao livro.

Quebrando paradigmas e criticando a realidade vitoriana da época, Jane Eyre desafia o destino imposto às mulheres e as posições sociais que elas deveriam ocupar.

Recheado de características góticas, o romance possui personagens inesquecíveis e transformadores, como a figura do misterioso Rochester, patrão de Jane e peça vital da narrativa.

Lançado originalmente em Londres em 16 de outurbro de 1847, na época foi publicado em 3 volumes, atualmente Jane Eyre é comercializado em volume único.

Características:
Capa comum: 780 páginas
Editora: Martin Claret; Edição: 1ª (1 de junho de 2015)
Link do Livro na Amazon


#8 Desejo proibido

Autor: Sophie Jackson

Capa do Livro de Romance: Desejo Proibido

(Trilogia – Livro 1) Primeiro livro de uma trilogia, Desejo proibido é uma história de amor e redenção, de universos distantes que se aproximam e se fundem numa paixão avassaladora. 

Seu amor é proibido, mas não pode ser ignorado.  Katherine Lane nasceu em berço de ouro.

Filha e neta de senadores, a bela ruiva de olhos verdes e curvas perfeitas se formou em Literatura e surpreendeu a todos ao decidir dar aulas em uma penitenciária.

Mas quando Carter, um detento inteligente e perigosamente sexy, desperta ao mesmo tempo a raiva e o desejo de Kat, ela é forçada a admitir para si mesma que a decisão de lhe dar aulas particulares pode ter sido motivada não pela generosidade, mas sim pela crescente atração entre os dois. 

Embora a família e os amigos de Kat temam que a paixão destrua sua carreira e sua vida, tudo o que ela quer é ficar com esse homem que a faz sentir-se completa.

Porém Carter guarda um segredo que tanto pode unir seus destinos para sempre quanto afastá-los de uma vez por todas.

A melhor avaliação para este livro é: “Bem escrito e viciante. Impossível parar de ler.”

Características:
Capa comum: x páginas
Editora:  (1 de janeiro de 2009)
Link do Livro na Amazon


#9 Paixão libertadora

Autor: Sophie Jackson

Capa do Livro de Romance: Paixão Libertadora

(Trilogia – Livro 2) Paixão libertadora é o segundo livro da trilogia, uma história sensual e apaixonante sobre segundas chances. Max O’Hare já passou por muitos momentos difíceis na vida. Depois de perder um grande amor e ter que se internar numa clínica para se livrar das drogas, ele decide que é hora de trocar Nova York por uma cidade do interior, na tentativa de se reerguer ao lado da família.

É lá que ele conhece a deslumbrante Grace Brooks. Amante da arte e da fotografia, ela parece a mulher perfeita.

Mas o que Max não sabe é que ela guarda a sete chaves a verdade sobre o próprio passado. 

Atraídos um pelo outro, mas com medo das consequências que um relacionamento sério pode trazer a suas vidas já complicadas, eles fazem um pacto para que a relação seja apenas sexual, sem sentimentos envolvidos.

Até que as coisas começam a mudar entre os dois… Presos a grandes medos e a segredos profundos, Max e Grace precisam aprender a confiar de novo e se entregar um ao outro não apenas de corpo, mas também de alma.

 “Sensual e viciante, faz o coração bater mais forte do início ao fim.” – Aestas Book Blog

Características:
Capa comum: 352 páginas
Editora: Editora Arqueiro; Edição: 1ª (12 de abril de 2016)
Link do Livro na Amazon


#10 Amor sem medidas

Autor: Sophie Jackson

Capa do Livro de Romance: amor sem medidas

(Trilogia – Livro 3) Em Amor sem medidas, terceiro livro da trilogia, tudo ia bem na vida de Riley Moore, um ex-presidiário que trabalha duro para se manter de forma honesta em Nova York.

Um telefonema da mãe, no entanto, acaba tirando o rapaz dos eixos: o pai está internado em estado crítico, depois de sofrer o segundo ataque cardíaco em menos de dois anos.

Para estar ao lado da mãe nesse momento tão difícil e tentar resolver seus conflitos com o pai antes que seja tarde demais, Riley deixa tudo para trás e retorna a Michigan, sua terra natal, pela primeira vez em cinco anos.

Mas lá não estão apenas os pais de Riley e as memórias de sua família: Lexie Pierce ainda vive na cidade. Grande amor da vida de Riley, ela também foi a responsável por deixar seu coração em pedaços.

Como se a alma de um atraísse a do outro, o encontro entre os dois é inevitável. As lembranças de um amor poderoso fazem Riley querer Lexie de volta aos seus braços.

Entretanto, a garota esconde um grande segredo, capaz de colocar à prova a confiança e os sentimentos do rapaz. Será que eles conseguirão superar a dor e o sofrimento de sua história para enfim viverem felizes para sempre?

“Todo fã de romances precisa ler Sophie Jackson. Amor sem medidas é mais uma de suas histórias extraordinárias e, com certeza, o melhor livro da série.” – Book Mood Reviews

Características:
Capa comum: 288 páginas
Editora: Editora Arqueiro; Edição: 1ª (11 de setembro de 2017)
Link do Livro na Amazon

Continue Lendo

ebooks

Qual Kindle comprar? – O Melhor Kindle em 2020

Publicado

em

Participamos do Programa de Associados, um serviço de intermediação entre a loja e os clientes, que remunera a inclusão de links para o site da Amazon e os sites afiliados.

Os ávidos leitores de livros e têm perguntado sobre o qual o melhor Kindle por anos, e por uma boa razão. A atual programação dos e-readers populares da Amazon é tão boa, na verdade, que é muito difícil tomar uma decisão sobre qual melhor comprar. É aí que entramos.

Com nossa ajuda, você entenderá completamente todas as principais características, pequenas peculiaridades e especificações importantes de quatro dispositivos Da Amazon: Kindle, Kindle Paperwhite, Kindle Oasis. A história é, achamos que o Kindle Paperwhite é o melhor Kindle que você pode escolher. Embora cada modelo tenha suas vantagens.

O debate entre defensores de livros digitais e livros impressos continua a guerra, mas graças a mais de uma década de experiência, a linha Kindle da Amazon é o padrão ouro para os e-readers.

Novo Kindle 10a. geração com iluminação embutida – Cor Preta – R$ 349,00 + Frete Grátis

Existem três tipos de Kindle para escolha no Brasil. Apesar do design ser semelhantes, há muito a considerar sobre esses quatro e-readers antes de tomar a decisão por si mesmo. E, com preços a partir de R$ 349 Reais, a decisão que também não deve esvaziar sua carteira.

Dê uma olhada nos três Kindles que revisamos abaixo:

Qual Kindle é melhor para você?

Se preço, desempenho ou design são mais importantes para você, há um Kindle que pode atender às suas necessidades. Cada um desses quatro e-readers traz algo único para a mesa, e cada um tem suas próprias falhas que não vamos ter contra ele. Confira abaixo:

  1. Kindle Paperwhite – O Melhor para Preço e Desempenho: Este e-reader tem tudo com moderação. Tem um preço razoável de R$499,00, tem recursos de qualidade, incluindo uma luz de fundo e tela de alta resolução, e é até à prova d’água!
  2. Kindle ‘básico’ – Melhor para acessibilidade: Você nunca pode errar com o clássico. O Kindle básico é facilmente o modelo mais acessível, chegando a apenas R$ 349,00. Isso é difícil de vencer, mesmo fora da formação estelar da Amazon. A mais novo kindle tem um preço sugerido um pouco elevado, mas acrescentou luzes frontais e uma tela mais clara. Se você está procurando a opção mais acessível, você encontrou, particularmente com essas atualizações.
  3. Kindle Oasis  Melhor para Agitar o Orçamento: Se você tem o dinheiro, o Oasis é uma obrigação absoluta para leitores apaixonados – e a atualização de 2019 adiciona uma luz de fundo ‘quente’ que é melhor para a leitura noturna. O tamanho maior e a tela maior tornam muito mais fácil de ler, e é menos mais pesado que os modelos menores. É certo que o preço de R$1.149,00 é um pouco assustador, mas os recursos adicionais fazem com que quase valha a pena.

Veja Também: Review Comparação kindle 10ª geração VS Kindle Paperwhite(Vídeo)

Melhor Kindle Você?

O melhor Amazon Kindle para você depende do que você está procurando. Como em qualquer linha de tecnologia de consumo saudável, você tem o bem e o mal em todo o espectro, todo projetado com um determinado proprietário em mente.

O Kindle básico é um clássico. Seu design simples, poucos recursos e preço baixo são perfeitos para quem quer experimentar um e-reader pela primeira vez. É confortável, não muito complicado, e não vai quebrar o banco, então o risco envolvido em tentar um é baixo.

LIVROS GRÁTIS NA AMAZON

Por outro lado, o Oasis é um e-reader pesado para o leitor pesado. Ele tem um monte de peculiaridades e doo-dads, incluindo uma luz de fundo automática ajustável, um botão físico para virar a página, e uma tela muito maior do que outros modelos, graças à moldura unilateral para leitura de uma mão.

Embora estes dois dispositivos sejam impressionantes, há um claro front-runner nesta luta, e esse é o Paperwhite. O melhor dos dois mundos em relação ao preço e desempenho, o Paperwhite vem com todas as características importantes – como uma luz de fundo, tela de maior resolução e impermeabilização – e embala-o em uma caixa mais acessível.

Veredicto: Existe realmente um Kindle Amazon para todos, mas o Kindle Paperwhite é a melhor escolha geral. São apenas R$ 150 a mais do que o modelo “básico” kindle, e realmente vem com todos os opcionais importantes do Oasis, além de alguns dos extras de luxo.

Veja Também: Comparação Kindle (Tabela)

Amazon Kindle 10 Geração

A melhor escolha do Kindle de Orçamento

Para a multidão que prefere livros de verdade, o clássico Kindle é um bom primeiro passo no mundo dos e-readers. É básico, descomplicado, e você não tem que abrir seu cofrinho só para comprar um. Por R$ 349, o Kindle é pouco mais caro que um bom par de fones de ouvido Bluetooth, e faz o trabalho.

Não quer dizer que não haja alguns recursos divertidos escondidos nesta joia acessível. Você pode baixar livros via Wi-Fi, você pode compartilhar destaques com amigos nas mídias sociais, e você pode até mesmo ouvir livros de áudio via Bluetooth. Além disso, com sua oferta especial, você pode obter 3 meses de Kindle Unlimited gratuitamente.

Você pode finalmente ler no escuro, graças às luzes dianteiras recém-instaladas que se inclinam para cima da moldura inferior. No entanto, a leitura da hora do banho está fora de questão, já que o Kindle não é à prova d’água. Mas se você está procurando um e-reader para colocá-lo no jogo, aqui está.

Veredito: Pelo preço, o Kindle 10 não pode ser vencido. Embora esteja faltando recursos importantes que tornam os e-readers ótimos em 2020, você ainda não pode negar que o preço baixo vai colocá-lo na porta.

Amazon Kindle Oasis

Muito caro para recomendar, mas uma grande peça de tecnologia

Não há como negar que o Kindle Oasis tem o que é preciso para causar um impacto no mercado de e-readers. A tela deslumbrante, as características úteis e a moldura única e unilateral para uma leitura fácil de uma mão fazem dele um produto inovador em um espaço que não viu muita mudança desde sua criação.

No entanto, poderia ter sido um pouco demais. A moldura unilateral é certamente única, mas você também pode usar a palavra “estranho” ou “desnecessário” para descrevê-la. Claro, o botão físico para virar a página é bom – os usuários têm implorado por ela por tempo suficiente – mas isso com certeza compõem a escolha de design ímpar?

Um recurso de luz âmbar recém-adicionado significa que o display no Oasis mudará automaticamente dependendo das condições de iluminação, e quando estiver mais escuro, muda para uma cor mais suave que é mais fácil nos olhos. É uma adição agradável, e por enquanto, único para o Oasis, mas não achamos que seja uma característica matadora.

Tudo isso empalidece em comparação com o preço: R$1.149. Com pouco menos que o dobro do preço do Paperwhite, o Oasis realmente leva o bolo para o e-reader mais caro da Amazon. Quando saiu, o design impermeável fez a etiqueta de preço valer a pena. Mas com o novo Paperwhite tendo a maioria das mesmas características, o preço simplesmente não vale a pena.

Veredicto: Simplificando, o Kindle Oasis é muito caro. Sim, se você tem o dinheiro e precisa absolutamente do mais recente, mais pesado dispositivo, nós certamente não vamos impedi-lo. Mas considerando que o Paperwhite tem todas as mesmas características principais, pode valer a pena dar uma olhada, nem que seja para economizar um pouco de dinheiro.

Continue Lendo

Celulares

Os Top 10 Livros mais vendidos na Amazon em Junho

Publicado

em

Participamos do Programa de Associados, um serviço de intermediação entre a loja e os clientes, que remunera a inclusão de links para o site da Amazon e os sites afiliados.

Separamos uma listinha com os top 10 livros mais vendidos pela Amazon em Junho de 2020, você vai se apaixonar por esses livros.

Fizemos uma seleção dos 10 livros mais vendidos da plataforma para que você escolha qual sua próxima leitura.

Veja a lista completa aqui.

1- Pequeno manual antirracista (Português)

Onze lições breves para entender as origens do racismo e como combatê-lo.

Neste pequeno manual, a filósofa e ativista Djamila Ribeiro trata de temas como atualidade do racismo, negritude, branquitude, violência racial, cultura, desejos e afetos. Em onze capítulos curtos e contundentes, a autora apresenta caminhos de reflexão para aqueles que queiram aprofundar sua percepção sobre discriminações racistas estruturais e assumir a responsabilidade pela transformação do estado das coisas. Já há muitos anos se solidifica a percepção de que o racismo está arraigado em nossa sociedade, criando desigualdades e abismos sociais: trata-se de um sistema de opressão que nega direitos, e não um simples ato de vontade de um sujeito. Reconhecer as raízes e o impacto do racismo pode ser paralisante. Afinal, como enfrentar um monstro desse tamanho? Djamila Ribeiro argumenta que a prática antirracista é urgente e se dá nas atitudes mais cotidianas. E mais ainda: é uma luta de todas e todos.

2- Coraline

Clássico de Neil Gaiman que mistura terror e conto de fadas ganha edição especial

Certas portas não devem ser abertas. E Coraline descobre isso pouco tempo depois de chegar com os pais à sua nova casa, um apartamento em um casarão antigo ocupado por vizinhos excêntricos e envolto por uma névoa insistente, um mundo de estranhezas e magia, o tipo de universo que apenas Neil Gaiman pode criar.

Ao abrir uma porta misteriosa na sala de casa, a menina se depara com um lugar macabro e fascinante. Ali, naquele outro mundo, seus outros pais são criaturas muito pálidas, com botões negros no lugar dos olhos, sempre dispostos a lhe dar atenção, fazer suas comidas preferidas e mostrar os brinquedos mais divertidos. Coraline enfim se sente… em casa. Mas essa sensação logo desaparece, quando ela descobre que o lugar guarda mistérios e perigos, e a menina se dá conta de que voltar para sua verdadeira casa vai ser muito mais difícil ― e assustador ― do que imaginava.

Publicado pela primeira vez em 2002, Coraline foi o primeiro livro de Neil Gaiman para o público infantojuvenil e se tornou uma das obras mais emblemáticas do escritor. Repleta de elementos ao mesmo tempo sombrios e lúdicos, a história conquistou crianças e adultos em todo o mundo e, em 2009, ganhou as telas de cinema em uma animação dirigida por Henry Selick, de O estranho mundo de Jack. Nesta edição especial em capa dura, com introdução do autor e projeto gráfico exclusivo, coube ao renomado ilustrador Chris Riddell dar vida ao universo mágico e aterrorizante criado por Neil Gaiman.

3- 1984

Publicada originalmente em 1949, a distopia futurista 1984 é um dos romances mais influentes do século XX, um inquestionável clássico moderno. Lançada poucos meses antes da morte do autor, é uma obra magistral que ainda se impõe como uma poderosa reflexão ficcional sobre a essência nefasta de qualquer forma de poder totalitário.
Winston, herói de 1984, último romance de George Orwell, vive aprisionado na engrenagem totalitária de uma sociedade completamente dominada pelo Estado, onde tudo é feito coletivamente, mas cada qual vive sozinho. Ninguém escapa à vigilância do Grande Irmão, a mais famosa personificação literária de um poder cínico e cruel ao infinito, além de vazio de sentido histórico. De fato, a ideologia do Partido dominante em Oceânia não visa nada de coisa alguma para ninguém, no presente ou no futuro. O’Brien, hierarca do Partido, é quem explica a Winston que “só nos interessa o poder em si. Nem riqueza, nem luxo, nem vida longa, nem felicidade: só o poder pelo poder, poder puro”. Quando foi publicada em 1949, essa assustadora distopia datada de forma arbitrária num futuro perigosamente próximo logo experimentaria um imenso sucesso de público. Seus principais ingredientes – um homem sozinho desafiando uma tremenda ditadura; sexo furtivo e libertador; horrores letais – atraíram leitores de todas as idades, à esquerda e à direita do espectro político, com maior ou menor grau de instrução. 

4- Fahrenheit 451

Escrito após o término da Segunda Guerra Mundial, em 1953, Fahrenheit 451, de Ray Bradubury, revolucionou a literatura com um texto que condena não só a opressão anti-intelectual nazista, mas principalmente o cenário dos anos 1950, revelando sua apreensão numa sociedade opressiva e comandada pelo autoritarismo do mundo pós-guerra. Agora, o título de Bradbury, que morreu recentemente, em 6 de junho de 2012, ganhou nova edição pela Biblioteca Azul, selo de alta literatura e clássicos da Globo Livros, e atualização para a nova ortografia.

O livro descreve um governo totalitário, num futuro incerto, mas próximo, que proíbe qualquer livro ou tipo de leitura, prevendo que o povo possa ficar instruído e se rebelar contra o status quo. Tudo é controlado e as pessoas só têm conhecimento dos fatos por aparelhos de TVs instalados em suas casas ou em praças ao ar livre. A leitura deixou de ser meio para aquisição de conhecimento crítico e tornou-se tão instrumental quanto a vida dos cidadãos, suficiente apenas para que saibam ler manuais e operar aparelhos. Fahrenheit 451 tornou-se um clássico não só na literatura, mas também no cinema. Em 1966, o diretor François Truffaut adaptou o livro e lançou o filme de mesmo nome estrelado por Oskar Werner e Julie Christie.

5- Box Trilogia O Senhor dos Anéis

Apesar de ter sido publicado em três volumes – A Sociedade do Anel, As Duas Torres e O Retorno do Rei – desde os anos 1950, O Senhor dos Anéis não é exatamente uma trilogia, mas um único grande romance que só pode ser compreendido em seu conjunto, segundo a concepção de seu autor, J.R.R. Tolkien. Com design cuidadosamente pensado para refletir a unidade da obra e os desenhos originais feitos por Tolkien para as capas de cada volume, este box reúne os três livros da Saga do Anel e oferece aos leitores uma nova oportunidade de mergulhar no notável mundo da Terra-média.

6- O sol é para todos

Um livro emblemático sobre racismo e injustiça e um dos maiores clássicos da literatura mundial. Um livro emblemático sobre racismo e injustiça: a história de um advogado que defende um homem negro acusado de estuprar uma mulher branca nos Estados Unidos dos anos 1930 e enfrenta represálias da comunidade racista. O livro é narrado pela sensível Scout, filha do advogado. Uma história atemporal sobre tolerância, perda da inocência e conceito de justiça. O sol é para todos, com seu texto “forte, melodramático, sutil, cômico” (The New Yorker) se tornou um clássico para todas as idades e gerações.

7- A revolução dos bichos: Um conto de fadas

Verdadeiro clássico moderno, concebido por um dos mais influentes escritores do século XX, A revolução dos bichos é uma fábula sobre o poder. Narra a insurreição dos animais de uma granja contra seus donos. Progressivamente, porém, a revolução degenera numa tirania ainda mais opressiva que a dos humanos.
Escrita em plena Segunda Guerra Mundial e publicada em 1945 depois de ter sido rejeitada por várias editoras, essa pequena narrativa causou desconforto ao satirizar ferozmente a ditadura stalinista numa época em que os soviéticos ainda eram aliados do Ocidente na luta contra o eixo nazifascista. De fato, são claras as referências: o despótico Napoleão seria Stálin, o banido Bola-de-Neve seria Trotsky, e os eventos políticos – expurgos, instituição de um estado policial, deturpação tendenciosa da História – mimetizam os que estavam em curso na União Soviética. Com o acirramento da Guerra Fria, as mesmas razões que causaram constrangimento na época de sua publicação levaram A revolução dos bichos a ser amplamente usada pelo Ocidente nas décadas seguintes como arma ideológica contra o comunismo.

8- Mulheres que correm com os lobos

s lobos foram pintados com um pincel negro nos contos de fada e até hoje assustam meninas indefesas. Mas nem sempre eles foram vistos como criaturas terríveis e violentas. Na Grécia antiga e em Roma, o animal era o consorte de Artemis, a caçadora, e carinhosamente amamentava os heróis. A analista junguiana Clarissa Pinkola Estés acredita que na nossa sociedade as mulheres vêm sendo tratadas de uma forma semelhante. Ao investigar o esmagamento da natureza instintiva feminina, Clarissa descobriu a chave da sensação de impotência da mulher moderna. Seu livro, Mulheres que correm com os lobos, ficou durante um ano na lista de mais vendidos nos Estados Unidos. Abordando 19 mitos, lendas e contos de fada, como a história do patinho feio e do Barba-Azul, Estés mostra como a natureza instintiva da mulher foi sendo domesticada ao longo dos tempos, num processo que punia todas aquelas que se rebelavam. Segundo a analista, a exemplo das florestas virgens e dos animais silvestres, os instintos foram devastados e os ciclos naturais femininos transformados à força em ritmos artificiais para agradar aos outros. Mas sua energia vital, segundo ela, pode ser restaurada por escavações psíquico-arqueológicas’ nas ruínas do mundo subterrâneo.

9- Admirável mundo novo

Um clássico moderno, o romance distópico de Aldous Huxley é incontornável para quem procura um dos exemplos mais marcantes da tematização de estados autoritários, ao lado de 1984, de George Orwell.

Ele mostra uma sociedade inteiramente organizada segundo princípios científicos, na qual a mera menção das antiquadas palavras “pai” e “mãe” produzem repugnância. Um mundo de pessoas programadas em laboratório, e adestradas para cumprir seu papel numa sociedade de castas biologicamente definidas já no nascimento. Um mundo no qual a literatura, a música e o cinema só têm a função de solidificar o espírito de conformismo. Um universo que louva o avanço da técnica, a linha de montagem, a produção em série, a uniformidade, e que idolatra Henry Ford. Essa é a visão desenvolvida no clarividente romance Huxley.

10- O conto da aia

O romance distópico O conto da aia, de Margaret Atwood, se passa num futuro muito próximo e tem como cenário uma república onde não existem mais jornais, revistas, livros nem filmes. As universidades foram extintas. Também já não há advogados, porque ninguém tem direito a defesa. Os cidadãos considerados criminosos são fuzilados e pendurados mortos no Muro, em praça pública, para servir de exemplo enquanto seus corpos apodrecem à vista de todos. Para merecer esse destino, não é preciso fazer muita coisa – basta, por exemplo, cantar qualquer canção que contenha palavras proibidas pelo regime, como “liberdade”. Vencedor do Arthur C. Clarke Award.

Continue Lendo
Propaganda

Novidades

Copyright © 2020 99Livros. By YooStudio.com.br.